explore

Cama de papelão, 160 mil camisinhas: como é vila dos atletas nas Olimpíadas de Tóquio

olimpiadas toquio japao 0721 1400x800
Masashi Hara/Getty Images

Adiados em um ano por causa da pandemia de Covid-19, os Jogos Olímpicos de Tóquio foram finalmente abertos. Diversas mudanças no planejamento foram feitas para evitar a disseminação da doença, o que afetou diretamente a vida dos competidores.

E mesmo quem não se interessa muito por competições esportivas pode ficar curioso sobre como é o cotidiano e a vila dos atletas nas Olimpíadas de Tóquio. Conheça alguns detalhes:

Curiosidades sobre a vila dos atletas nas Olimpíadas

Pela primeira vez na história, todos os atletas devem obrigatoriamente se hospedar na vila olímpica. A medida visa reduzir ao máximo as chances de circulação e contágio da Covid-19.

vila olimpica predios 0721 1400x800
Alexander Hassenstein/Getty Images

A vila olímpica tem um total de 440 mil metros quadrados e conta com academia, sala de jogos, além de restaurante que, este ano, terá quantidade de assentos reduzida. De acordo com a organização dos Jogos Olímpicos de Tóquio, mais de 18 mil pessoas devem se hospedar na vila olímpica.

vila olimpica atletas 0721 1400x800
Alexander Hassenstein/Getty Images

Para evitar a disseminação de Covid-19, os atletas serão impedidos de usar transporte público. Toda locomoção será feita com uma frota exclusiva de carros elétricos presentes na vila.

Os atletas que participam dos Jogos Olímpicos de Tóquio também estão proibidos de visitar qualquer lugar público que não seja aprovado pelos oficiais olímpicos.

Um dos detalhes mais curiosos e que mais chamaram a atenção para as Olimpíadas deste ano está no quarto dos atletas: trata-se da já famosa cama de papelão.

As imagens da cama incomum viralizaram na internet após o corredor norte-americano Paul Chelimo afirmar que tratava-se de um móvel “antissexo”, já que seria supostamente frágil e não suportaria mais de uma pessoa ao mesmo tempo.

Os rumores, no entanto, foram rapidamente afastados. A cama de papelão, segundo o fabricante Airweave, é projetada para suportar até 200 kg. Os organizadores apontam que a mobília, além de resistente, contribui para o plano de redução de gastos para o evento olímpico.

E ainda sobre a vida íntima dos atletas, sabia que o Comitê Organizador encomendou 160 mil camisinhas para serem disponibilizadas aos esportistas? Os organizadores, portanto, não proíbem o sexo na vila, mas sugerem que os atletas evitem "contatos íntimos" na vila para barrar o contágio pelo novo coronavírus.

olimpiada atleta mascara 0721 1400x800
Harry How/Getty Images

Além dos treinos e dos cuidados especiais tradicionais que envolvem uma competição internacional, os atletas ainda terão cuidados extras por causa da pandemia.

Pelo menos uma vez a cada quatro dias, todos os participantes dos Jogos de Tóquio serão testados para a Covid-19 e terão que registrar atualizações diárias de saúde em um aplicativo de smartphone.

Os atletas, obviamente, não serão obrigados a usar máscaras durante as competições, mas são orientados a permanecer com o item de proteção em todos os outros momentos. Caso um atleta teste positivo para Covid-19, ele ficará proibido de competir e será imediatamente encaminhado para o isolamento.

Olimpíadas de Tóquio