explore

20 vezes que Lady Di pisou nos protocolos reais: você certamente vai concordar com ela

1280 princess diana getty52102394 0
Getty Images

Diana foi, sem dúvidas, um dos maiores ícones da realeza. Portanto, não é surpreendente que, mais de duas décadas após sua morte, ela ainda seja lembrada com carinho e admiração. Sua beleza e carisma conquistaram o coração não só da Inglaterra, mas de todo o mundo.

Os membros da monarquia são conhecidos por serem obrigados seguir vários protocolos. No entanto, Lady Di se rebelou em mais de uma ocasião e se recusou a seguir essas regras por considerar que elas não estavam de acordo com sua personalidade.

Graças a isso, conseguiu deixar sua marca na história e até se tornar um exemplo a ser seguido.

Hulton Archive / Getty Images

1. O anel de noivado

Diana não estava acostumada a dizer "sim" para tudo e antes mesmo de se casar com o príncipe Charles, ela já havia quebrado as regras. A realeza exige que os anéis de noivado de cada noiva sejam personalizados e feitos sob encomenda.

princesa diana united cerebral palsy awards 1995 0
Pool/Liaison/Getty Images

Diana decidiu optar por algo diferente. Aos 19, ela escolheu seu próprio anel de noivado em um catálogo da coleção de joias Garrard. Ela não se importava com o quão escandaloso isso poderia ser. Ironicamente, Kate Middleton usa este mesmo anel, já que foi com ele que William a pediu em casamento.

anillo de compromiso lady di kate middleton
Arthur Edwards - WPA Pool/Getty Images

2. Ela escreveu seus próprios votos

A jovem Diana continuou a modificar o protocolo até mesmo no casamento. A maioria das noivas reais declarava votos que já estavam predeterminados, mas Lady Di não queria.

Ela preferiu escrever seus próprios votos e omitiu a parte que dizia que deveria obedecer o marido em todos os momentos.

gettyimages 1232596
Clive Brunskill/Getty Images

Portanto, ele não jurou obediência ao príncipe Charles. Foi algo que deu muito o que falar, porque aconteceu em uma época em que o machismo estava ainda mais presente do que hoje.

principe charles princesa diana british film institute
Central Press / Hulton Archive / Getty Images

Embora ela tenha sido a primeira a fazer algo do tipo, ela não foi a única. Em seu casamento com o Príncipe Harry, Meghan Markle fez o mesmo e decidiu omitir a parte da "obediência" de seus votos de casamento. Kate Middleton fez o mesmo ao casar-se com o príncipe William.

gettyimages 960056852
Getty Images

3. Mãe dedicada

Os grandes amores de Diana eram seus filhos, William e Harry. Mas sabemos que qualquer membro da realeza tem uma agenda excessivamente apertada.

hbz princess diana family 1985 gettyimages 79732254 1504121785
Getty Images

Diana não foi exceção, mas decidiu fazer o possível para cumprir suas obrigações para com a Coroa, sem negligenciar seu papel de mãe.

A rainha Elizabeth costumava passar apenas uma hora por dia com os filhos, mas Diana não queria repetir esse padrão.

reina isabel familia real
Central Press/Hulton Archive/Getty Images

Para começar, Diana escolheu pessoalmente as babás para seus filhos. Ela considerava os cuidadores oficiais velhos e com dificuldade de acompanhar o ritmo acelerado de uma criança pequena.

princesa diana principe carlos william harry
Getty Images

Ela também decidiu que a melhor opção era levar os filhos nas viagens internacionais. Desta forma, seus pequenos não sofreriam um desapego total.

princesa diana william
Tim Graham / Getty Images

4. Ela entendia de moda

Mulheres da monaquia devem também seguir um rígido código de estilo. Elas são estritamente proibidas de usar decotes profundos, minissaias e salto muito alto, entre outras coisas.

Chris Jackson - Pool/Getty Images

Diana sabia quais regras seguir e quais não. Em uma ocasião, ela escolheu usar uma de suas tiaras como colar. A Rainha Elizabeth com certeza não esperava isso!

princesa diana 1218 1400x800 0
Fox Photos/Hulton Archive/Getty Images

Ela também soube expressar suas ideias por meio de suas roupas. Por exemplo, quando um documentário sobre a infidelidade de seu marido foi ao ar, ela usou um vestido preto incrível no dia seguinte. As manchetes dos jornais não falaram de outra coisa.

5. A família como prioridade

Diana sempre soube que o mais importante na vida era passar o tempo com seus entes queridos. Ela então não se importou em mudar algumas coisas para ter momentos de qualidade com sua família.

princesa diana y familia
Getty Images

Ele até tinha uma agenda para se organizar melhor e, claro, os momentos com Harry e William eram os mais abundantes.

william harry princesa diana
Getty Images

6. Ela não tinha medo de demonstrar afeto

Não é desconhecido que a rainha Elizabeth é uma mulher diplomática, mas infelizmente ela é um tanto fria com sua família. O príncipe Charles revelou que o primeiro beijo que recebeu de sua mãe aos 8 anos de idade.

gettyimages 602900283
William Lovelace vía Getty Images

Ele também confessou que depois de uma longa viagem de trabalho de sua mãe, em seu encontro, ela apenas acariciou sua cabeça. Mas nem tudo é culpa da Rainha, porque os protocolos não veem com bons olhos as demonstrações de afeto em público e ela gosta de seguir as regras à risca.

reino unido reina isabel brexit1
Getty Images

No entanto, Diana sabia que o afeto é essencial para o desenvolvimento ideal na infância. Então, mais uma vez, ela abraçou e beijou seus filhos em público e deixou para trás a preocupação com o que iriam dizer.

princesa diana y william
Getty Images

7. Ela mandou seus filhos para a escola

Lady Di queria que seus filhos crescessem e aprendessem como todo mundo. É costume que os filhos da realeza sejam educados em casa ou em escolas particulares de alto status social e até mesmo no exterior.

princess diana kids
Getty Images

Mas a princesa Diana queria uma vida e um ambiente diferente para seus filhos. Assim, o príncipe William se tornou o primeiro filho da monarquia a frequentar uma escola pública.

princesa diana familia 1990
Getty Images

8. Diana dispensava companhia

Já mencionamos que os tempos em que Diana fez parte da monarquia eram muito mais fechados e machistas. Não era aprovado, por exemplo, que as mulheres da realeza comparecessem sozinhas a eventos públicos de qualquer tipo.

princesa diana vestido azul 1218 1400x2200 0
Patrick Riviere/Getty Images

Mas os problemas conjugais de Diana e Charles já começavam a aparecer e ela percebeu que não precisava do marido para realizar seu trabalho. Então, começou a sair sozinha.

princess diana charles
Tim Graham / Getty Images

9. Adeus às luvas

Meghan, Kate, Eugenie e as outras mulheres da monarquia não são mais obrigadas a usar luvas o tempo todo. Mas, anteriormente, era uma exigência (que a Rainha Elizabeth obedece até hoje).

meghan markle kate middleton 1218 1400x800 1
Clive Mason/Getty Images

Diana não se sentia confortável em usá-las em todos os lugares que ia, então decidiu simplesmente ficar sem o acessório, independentemente da opinião da rainha ou da imprensa.

princesa diana 1218 1400x2200 0
Pascal Rondeau/ALLSPORT

A princesa era conhecida por seus atos de bondade e generosidade. A proximidade com as pessoas era vital para ela e as luvas a impediam de fazer um contato mais próximo.

princesa diana paciente hospitl
Getty Images

10. Ela também não era fã de chapéus

Os chapéus também são um acessório importante para as mulheres reais. No entanto, Lady Di os considerava muito incômodos e extremamente desnecessários (especialmente os grandes).

princesa diana sombrero conjunto
Getty Images

Diana preferia comparecer confortável aos eventos e, sem chapéu, ela ficaria mais livre para brincar, segurar e abraçar as crianças livremente.

princesa diana cargando nina
Getty Images

11. Revolução até na hora do parto

Acredite ou não, as mulheres da monarquia têm regras rígidas até para dar à luz. Como se sabe, antes era muito comum qualquer mãe dar à luz em casa.

princesa diana nacimiento
Tim Graham / Getty Images

E isso também incluía as mulheres da Coroa.

princesa diana carlos nacimiento harry
Getty Images

A princesa Diana decidiu dar à luz no Hospital St. Mary, em Londres. Aliás, seus netos (filhos de Kate e William) nasceram no mesmo hospital onde ela deu à luz.

kate middleton principe william
Getty Images

12. Vida normal para seus filhos

Para a Rainha Elizabeth e companhia, é importante manter as aparências. Mas, como já dissemos, Diana queria que seus filhos tivessem uma vida normal.

princesa diana reina isabel
Georges De Keerle / Getty Images

Eles passeavam juntos de transporte público e de bicicleta, por exemplo, e Daiana ainda ensinou a seus filhos a importância de fazer trabalho de caridade.

diana de gales y harry
Getty Images

13. Diana era honesta com seu público

Depois da infidelidade do marido, Diana se envolveu em escândalos e fofocas. Para dar uma visão clara de sua vida, ela optou por não esconder nada e falar tudo sem rodeios.

princesa diana prensa
Getty Images

Lady Di sabia que essa era a melhor maneira de acabar com os boatos e trazer a verdade à luz.

lady di seria
RR Auction via Getty Images

14. Ela provou ser uma pessoa comum

Fazer parte da realeza não isenta ninguém de enfrentar problemas e conflitos pessoais. Diana é o exemplo claro disso, porque não só passou por dificuldades no casamento, mas também sofreu com a saúde.

princesa diana matrimonio principe carlos
Anwar Hussein / Getty Images

Foi revelado, por exemplo, que a princesa sofria de distúrbios alimentares, como bulimia. Além de lutar contra a doença, ela fez o possível para impedir que a família real descobrisse.

princess diana sad
Getty Images

Mas quando a notícia se espalhou, ela decidiu não negar. Em vez disso, se tornou um exemplo ao mostrar que qualquer pessoa pode sofrer de uma doença desse tipo, mas que também pode se curar dela.

princess diana getty 1600x500
Getty Images

15. Gravidez plena

Por alguma estranha razão, as mulheres reais não estavam acostumadas a mostrar a barriga durante a gravidez. Antes de Diana, não havia fotos de membros da monarquia grávidas.

embarazo princesa diana
Getty Images

Lady Di sabia que esta etapa deveria ser aproveitada ao máximo. Ela estava feliz por ser mãe e não hesitou em mostrar sua barriga ao mundo. Diana, inclusive, trabalhou até os últimos meses de gravidez.

maternidad princesa diana
Getty Images

16. Ela perdeu o medo da informalidade

Os membros da realeza sempre devem ser discretos. Mas para Diana, o mais importante em seu trabalho era viver plenamente com outras pessoas e sempre ser humilde.

viajes princesa diana humildad
Getty Images

Ela foi a primeira a se ajoelhar diante das crianças para que pudesse olhar em seus olhos. Para a realeza, tocar pessoas com uma doença contagiosa, como HIV / AIDS, era muito mal visto. Mas ela quebrou tabus por estar muito perto de pessoas doentes.

princess diana children
Getty Images

17. Diana aproveitou a vida de divorciada

Diana sabia que permanecer em um casamento infeliz não beneficiaria ninguém. Nem o príncipe Charles, nem seus filhos e, claro, muito menos a ela. Então quebrou as regras e decidiu se divorciar.

princess diana smile
Getty Images

A monarquia britânica segue fervorosamente a religião anglicana. Naquela época, esta igreja reprovava o divórcio. Portanto, Diana também colocou o protocolo de lado nessa crença.

principe carlos princesa diana distanciamiento
Anwar Hussein / Getty Images

Uma vez solteira, Diana não teve medo de sair com outros homens e desfrutar plenamente de sua vida.

smile princess diana
Getty Images

18. O importante era estar confortável

As regras reais são tão rígidas que até têm restrições sobre como mulheres devem se sentar. Elas devem fazer isso com os joelhos juntos e só podem cruzar ligeiramente os tornozelos.

princess diana home portrait
Getty Images

Mas Diana muitas vezes foi vista com as pernas cruzadas e em poses muito confortáveis.

princesa diana feliz
Getty Images

Sua nora Meghan Markle, esposa de Harry, parece ter seguido seu exemplo, pois já foi vista sentada com as pernas cruzadas em várias ocasiões.

meghan markle principe harry reina isabel ii young leaders awards ceremony 2018
John Stillwell - WPA Pool/Getty Images

19. Ela dava importância ao trabalho

Lady Di já fazia parte da nobreza muito antes de se casar com o príncipe Charles. Ainda assim, ela não gostava de ficar parada. Ela trabalhava como professora e fazia faxinas para sua irmã, Lady Sara Spencer.

blanco y negro princesa diana
Getty Images

20. Diana gostava de sua vida social

A princesa Diana sabia que todas as pessoas precisam se socializar para ter uma vida plena. Ela decidiu não se trancar no palácio e costumava sair com seus amigos para jantares e eventos sociais. Muitos deles eram celebridades, como Paul McCartney, Elton John, Freddie Mercury ou George Michael.

tom cruise nicole kidman princesa diana
Getty Images

Curiosidades sobre a vida da princesa Diana

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Daniela Flores.