explore

Pesquisadores encontram "barata gigante" de 36 centímetros no oceano Índico

bathynomus raksasa 1400x990 0720
LIPI/Divulgação

Quando a gente vê imagens das praias da Indonésia, com águas cristalinas, logo bate aquela vontade de planejar uma viagem para lá. Mas e se a gente te disser que foi nessa região que encontraram um dos maiores crustáceos no fundo do mar? Os cientistas descreveram a criatura como uma "barata gigante do mar".

O lado bom é que essa "barata gigante" vive em águas profundas. A Bathynomus raksasa foi encontrada no Oceano Índico, em profundidades de 957 m e 1.259 m abaixo do nível do mar. Na fase adulta, medem, em média, 33 cm.

Barata gigante: conheça a Bathynomus raksasa

Bathynomus vem do gênero ao qual a criatura pertence, de isópodes gigantes, grandes criaturas com corpos achatados e duros. Já raksasa significa "gigante" na tradução da língua indonésia.

Você pode pensar que 2020 não está de brincadeira. Afinal, além desta nova descoberta, já passamos por novo vírus, nuvem de gafanhotos, nuvem de poeira Godzillla...

Mas, desta vez, 2020 só é o ano em que o estudo sobre a "barata gigante" foi publicado. A criatura, por outro lado, foi encontrada em 2018, durante a expedição South Java Deep Sea Biodiversity Expedition, do Instituto de Ciências da Indonésia em conjunto com a Universidade Nacional de Singapura.

Para ver como a "barata gigante" é de frente, arraste para o lado:

Na pesquisa, publicada na revista especializada ZooKeys, a equipe de cientistas explicou que esta é a primeira vez que o Bathynomus foi encontrada no fundo do mar na Indonésia.

Na pesquisa, são descritos dois animais, um macho com 36 centímetros e uma fêmea com 29 centímetros.

Cahyo Rahmadi, chefe de zoologia da LIPI, afirmou que a descoberta nos lembra do grande potencial de biodiversidade da região.

barata gigante 1400x1000 0720
ZooKeys/Divulgação

Vida marinha