explore

Palavras de filha de George Floyd emocionam o mundo após morte do pai

george floyd protestos 0520 1400x1000
Stephen Maturen/Correspondente/Getty Images

O assassinato de George Floyd, nos Estados Unidos, no dia 25 de maio, mexeu com o mundo, gerando uma onda de protestos contra a morte de pessoas negras em vários países. O ex-segurança deixou a filha de seis anos, Gianna Floyd, que apesar da pouca idade, tem total consciência do que a morte do pai está representando em todo o mundo.

Morte de George Floyd

O ex-segurança George Floyd, de 46 anos, foi assassinado após ter o pescoço prensado pelo joelho de um policial em Minneapolis, nos Estados Unidos. Ele foi abordado em uma operação policial no dia 25 de maio acusado de tentar comprar cigarro com uma nota falsa.

Instagram

O momento foi filmado e o vídeo viralizou, revoltando o mundo e culminando em uma onda protestos contra a morte de pessoas negras e deu força ao movimento Vidas Negras Importam, que já existe desde 2013.

Os protestos continuam em várias cidades dos Estados Unidos e, em algumas delas, as autoridades dos EUA decretaram toque de recolher, mas uma série de grupos continuam nas ruas.

george floyd protestos eua 0520 1400x800
John Moore/Equipe/Getty Images

George Floyd deixou uma filha de seis anos, Gianna Floyd, que ao lado da mãe, Roxie Washington, participou de um pronunciamento em Minneapolis, na última terça-feira (2), e falou sobre a morte de seu pai.

Fala da filha de George Floyd sobre morte do pai

Logo após participar da coletiva com a mãe, Gianna pegou carona nos ombros do ex-jogador da NBA e amigo da família, Stephen Jackson.

Instagram

Do lado de fora do local, um homem perguntou a Gianna sobre o que ela entendia diante de tudo o que está acontecendo após a morte de seu pai e, com um sorriso no rosto, a pequena respondeu: "Papai mudou o mundo!".

O ex-jogador da NBA compartilhou o vídeo do momento nas redes sociais: "É isso mesmo GiGi "Papai mudou o mundo"; George Floyd, o nome da mudança. #justiceforgeorgefloyd #ivehadenough Amor a todos que têm amor por todos", escreveu Stephen na legenda do vídeo.

Caso George Floyd