explore

Borboleta mais rara do mundo é absurdamente linda e já chegou a desaparecer

Pequenina, mas de beleza única, a borboleta azul de Palos Verdes (Glaucopsyche lygdamus palosverdesensis) é considerada a mais rara do mundo porque sua distribuição é comprovadamente limitada a um único local, a Península de Palos Verdes, em Los Angeles, Estados Unidos.

Como é a borboleta mais rara do mundo

A borboleta azul de Palos Verdes tem uma envergadura de asa de apenas 25mm a 30 mm. O macho tem uma asa dorsal azul-prateada brilhante delineada em uma linha estreita de preto, enquanto a asa dorsal da fêmea é de uma cor cinza-acastanhado. Ambos possuem asas ventrais cinzentas com manchas escuras cercadas por anéis brancos.

Borboleta azul de Palos Verdes chegou a desaparecer

A borboleta azul de Palos Verdes foi descoberta em 1977, pouco antes de entrar para a lista de espécies ameaçadas de extinção, em 1980. Acredita-se que ela tenha desaparecido em 1983, principalmente pelo desenvolvimento de seu habitat.

Os últimos indivíduos da espécie foram fotografados em março de 1983, mas o local que eles ocupavam foi eliminado para controle de incêndio. Porém, em 1994, a borboleta foi redescoberta por Rick Rogers, Rudi Mattoni e Timothy Dahlum no Defense Fuel Support Point, localizado no lado norte da península de Palos Verdes.

A nova população hoje põe ovos em uma planta alimentícia e compartilha características físicas e comportamentais com as outras populações agora extintas.

Animais raros e diferentes