explore

Cientista alerta: metade das praias do mundo pode desaparecer até 2100

cartagena praia mar colombia 0320 1400x930
Venturelli Luca/Shutterstock

Até o ano de 2100, metade das praias de todo o mundo pode desaparecer por causa do aumento do nível do mar e das mudanças climáticas. A notícia alarmante vem de uma pesquisa recentemente publicada pela revista científica Nature Climate Change.

praia do jacare 0220 1400x800
DihandraPinheiro/shutterstock

De acordo com o cientista Michalis Vousdoukas, pesquisador do Centro de Pesquisa Conjunto da Comissão Europeia e principal autor do estudo, mais de um terço das linhas costeiras do planeta podem sumir, mesmo que a humanidade reduza drasticamente a poluição por combustíveis fósseis, o que impulsiona o aquecimento global.

Brasil seria um dos países mais afetados

rio de janeiro praia 12 19 1400 800
Shutterstock

O trabalho científico aponta que a Austrália poderia ser a mais atingida, com quase 15 mil quilômetros de costa de praias de areia branca perdidos pelos próximos 80 anos, seguidos pelo Canadá, Chile e Estados Unidos.

O Brasil também aparece na lista de países que seriam mais afetados, ao lado de México, China, Rússia, Argentina e Índia.

praia mar oceano 1019 1400x800
Ozerov Alexander/Shutterstock

As praias de areia costumam atuar como a primeira linha de defesa contra tempestades costeiras e inundações. Sem elas, os impactos de eventos climáticos extremos provavelmente serão mais altos, explicou o cientista.

aquecimento global planeta 0117 1400x800
Calin Tatu/shutterstock

Para avaliar a rapidez e a extensão dos impactos nas praias, os pesquisadores traçaram linhas de tendência em três décadas de imagens de satélite desde 1984. A partir daí, projetaram erosão futura em dois cenários de mudanças climáticas.

aquecimento global clima 0717 1400x800
aodaodaodaod/shutterstock

No pior caso, as emissões de carbono continuarão inalteradas ou a própria Terra começará a aumentar as concentrações atmosféricas de gases de efeito estufa, independentemente da ação humana. Nesse cenário, o mundo terá perdido 49,5% de suas praias até 2100, o que equivalente a quase 132 mil quilômetros de costa.

Aquecimento global e meio ambiente