explore

Quanto cada membro da família real gasta em viagens: Charles e Camilla são os campeões

charles camilla caribe 0220 1400x800
Chris Jackson/Getty Images

Ajudar instituições de caridade, apoiar e dar visibilidade a causas sociais e realizar visitas pontuais a diversos países ao redor do mundo são alguns dos principais compromissos da família real britânica.

rainha elizabeth ii 0519 1400x800
WPA Pool/Pool/Getty Images

Atualmente com 93 anos de idade, a Rainha Elizabeth não viaja mais de avião. Cabe aos outros membros da família real, portanto, representar a monarca no exterior. E os gastos, como você pode imaginar, não são modestos.

familia real
Chris Jackson/Getty Images

De acordo com o site oficial da família real britânica, entre abril e de 2018 e março de 2019, 3.200 eventos oficiais em todo o mundo contaram com pelo menos um membro da realeza. O balanço divulgado anualmente pela Coroa mostrou que os gastos com viagens chegaram a R$ 26,3 milhões no período.

Viagens da família real britânica: preços

casamento principe charles camilla 1117 1400x800
Pool /GettyImages

Charles e Camilla são os campeões de excursões (e gastos) feitos em viagens realizadas pela família real britânica, já que o príncipe é o principal representante da rainha. Confira abaixo quanto custou cada uma das cinco viagens mais caras feitas pelos membros da realeza:

  1. Viagem ao Caribe de Charles e Camilla: R$ 2,37 milhões
  2. Viagem a Gâmbia, Gana e Nigéria de Charles e Camilla: R$ 1,27 milhão
  3. Viagem a Itália, Romênia e Áustria de Charles e Camilla: R$ 914 mil
  4. Viagem a França e Grécia de Charles e Camilla: R$ 896 mil
  5. Viagem a Índia e Butão de William e Kate Middleton: 578 mil

Quem paga as viagens da família real britânica?

familia real william harry elizabeth 0218 1400x800
Hugo Burnand/Getty Images

Os custos das viagens internacionais são cobertos pelo chamado Sovereign Grant, fundo que vem de parte dos lucros do Crown Estate, que é o conjunto de terras e propriedades que pertencem à Coroa.

Os valores, que também cobrem outras despesas da família real e a manutenção dos palácios, são pagos anualmente ao monarca pelo governo.

principe william harry 0917 1400x964
Tim Rooke/Getty Images

Um dos fatores que pode encarecer ainda mais as viagens internacionais da monarquia britânica é a regra estabelecida de que dois membros da linha de sucessão imediata ao trono não podem viajar no mesmo avião.

O motivo é simples: não correr o risco de encurtar a linha de sucessão em caso de acidente. No entanto, William e Kate quebram esse protocolo, já que sempre levam os filhos no mesmo avião que eles - tanto em viagens oficiais quanto em férias.

Outro dado curioso sobre as viagens internacionais da realeza britânica: roupas pretas são obrigatórias nas bagagens. As peças devem estar disponíveis para o caso de alguém morrer enquanto os membros da família estiverem viajando ou haver uma homenagem local a mortos em guerras, por exemplo.

Curiosidades sobre a família real