explore

Após casamento real, Meghan Markle terá que seguir 8 regras bem específicas

meghan markle principe harry 2 1117 1400x800
Chris Jackson / Getty Images

Fazer parte da família real é um sonho para muita gente. O glamour e as tradições que envolvem a monarquia britânica fazem com que o mundo inteiro volte seus olhos para acompanhar seus eventos mais importantes. O mais próximo deles é o casamento real.

Até o fim da primavera de 2018, Meghan será a nova integrante da família mais famosa do planeta. Mas para fazer parte da coroa inglesa, ela terá que aceitar algumas normas oficiais ou tradicionais da monarquia - alguma delas muito estranhas, inclusive. Veja quais são:

Novas regras que Meghan deve seguir na família real

Deixar de ser atriz

Após sete temporadas como Rachel Zane na série Suits, Meghan Markle deixou o papel - e a carreira de atriz. Não é uma exclusividade dela: é uma tradição que todo mundo - de qualquer gênero e qualquer profissão - que entre para a família real abdique de seu trabalho e se dedique integralmente às atividades da monarquia.

“Eu não vejo isso como se estivesse desistindo de algo. Eu vejo como uma mudança, um novo capítulo. Eu trabalhei durante sete anos neste programa. Eu penso que eu já cumpri esta etapa e tenho muito orgulho do trabalho que fizemos, e agora é o momento de trabalhar como uma equipe com Harry”, disse na entrevista após o anúncio do noivado.

suits serie meghan patrick 1117 1400x800
USA Network/Shane Mahood

Só casa se a rainha permitir

Logo após o anúncio oficial, a Rainha Elizabeth logo divulgou um comunicado demonstrando seu apoio ao matrimônio. Sorte deles, porque ela tem o poder de vetar a união.

Até pouco tempo atrás, a família real não aceitava casamentos com pessoas divorciadas. A situação mudou desde 2002, quando houve um novo entendimento da Igreja Anglicana sobre o tema. O primeiro casal real oficializado sob a nova regra foi Príncipe Charles e Camilla Parker Bowles.

Os dois precisaram da assinatura da rainha para confirmarem o matrimônio, assim como Harry e Meghan também terão que fazer.

kate elizabeth familia real 1017 1400x800
Chris Jackson/Getty Images

Meghan? Não, agora é “Sua Alteza”

Esqueça seu nome, você não será mais chamado assim. Entrar na família significa abrir mão da forma como é chamado ao longo de toda a vida.

Esta é uma regra oficial: é preciso se referir um ao outro como “Sir” or “Madame”. Pessoas civis devem ser ainda mais formais em relação a isso. Quando assinar a união com Harry, Meghan deverá ser referida como Sua Alteza Real.

Andar sempre atrás do marido?

Em aparições públicas, Meghan deverá sempre andar e posar para fotos dois passos atrás de seu futuro marido. Pelo menos em tese.

Essa é uma tradição extraoficial na monarquia britânica que pouco a pouco vem sendo relegada. Em todos os casais da coroa, o descendente sanguíneo da realeza deve ficar à frente, seja homem, seja mulher.

Mas Príncipe Charles e Príncipe William não exigem tal procedimento de Camilla e Kate, respectivamente. O único membro da família real que precisa estar sempre à frente dos demais é o chefe de Estado, ou seja, a Rainha Elizabeth.

familia real william kate 0917 1400x800
Chris Jackson/Getty Images

Cuidado com o que diz

Ao longo de sua carreira, Meghan já se pronunciou sobre temas importantes, como desigualdades de gênero e raciais. Desde 2011, ela se posiciona como feminista e já deu declarações sobre seu orgulho em relação a suas origens negras pelo lado da mãe.

Agora que será integrante da família real, terá que medir seu discurso. Como a realeza representa o Estado britânico, existe uma norma na qual ninguém deve dar sua opinião pessoal sobre questões potencialmente polêmicas.

Esqueça os frutos do mar

Frutos do mar, sobretudo as ostras, podem ser fonte de intoxicação e reações alérgicas. Para evitar riscos de envenenamento para a corte, a família real recebeu a recomendação para não ingerir este tipo de alimento.

A regra existe até hoje, mas já não é levada a sério. O sogro de Meghan, inclusive, já revelou ser apaixonado por frutos do mar e chegou a ser fotografado comendo uma ostra - e não recebeu qualquer punição.

Coma rápido: rainha decide hora de parar

Em muitas famílias é comum que o Natal seja a data na qual todo mundo se reúna e faça uma refeição em conjunto. Para a família da Rainha Elizabeth, isso é uma regra.

E é preciso seguir uma série de procedimentos. Sempre que a majestade está no ambiente, ela determina o comportamento de todos. Quando ela levanta, todos precisam levantar também. Até quando ela termina uma refeição, os demais devem descansar seus garfos e encerrar a atividade.

Banco Imobiliário vetado

monopoly atual 1400x800 1017
CaseyMartin/Shutterstock

O jogo de tabuleiro mais famoso do mundo está vetado nas reuniões de família. Em 2008, o Príncipe Andrew, irmão mais novo de Charles, decidiu banir o Banco Imobiliário (ou Monopoly) da lista de atividades permitidas para a corte.

Isso porque considera o jogo “muito viciante” e vício é um comportamento inaceitável para a etiqueta real. Caso Meghan seja uma fã do jogo, terá apenas alguns meses para suas últimas partidas.

Histórias da realeza