explore

Girafa, zebra e muito amor na viagem de Maitê Proença e namorado em Safari Africano

maite tanzania viagem 0117 1400x800
eumaiteproenca/Instagram

Em viagem pela Tanzânia, na África, a atriz Maitê Proença e seu namorado, o empresário Eduardo Faria de Carvalho, fizeram um roteiro de safáris em parques nacionais que agrada viajantes que estão em busca das belezas naturais do grande continente. 

O país fica na região ocidental do continente africano e abriga o famoso Monte Kilimanjaro, o ponto mais alto da África.

Em seu passeio, Maitê Proença visitou três parques nacionais: Tarangire, Cratera de Ngorongoro e Serengeti.

Além de avistar muitos animais da savana africana, como leões e girafas, o casal registrou a rica cultura do país em vídeos e fotos compartilhados no Instagram da famosa.

Safári na Tanzânia: dicas de roteiros

Tarangire

africa macaco safari 0117 1400x934
David Chen 51176/Shutterstock

No Parque Tarangire, a atriz registrou a presença de girafas (no vídeo abaixo) durante sua expedição turística. O local ainda tem os grandes animais, como elefantes e leões.

Apesar de esses animais serem comuns nas regiões visitadas pelos turistas, é preciso entender que o safári não é feito em um zoológico; ou seja, avistar os bichos durante a viagem, realizada em carros 4x4, é uma questão de “sorte” dos visitantes. 

Os guias dos “game drives”, como são chamadas as saídas para o safári com objetivo turístico, entretanto, costumam adaptar os passeios de acordo com os horários em que os animais estão mais “aparecidos”: geralmente, bem cedo, antes das 7 horas, e ao final da tarde.

Serengeti 

zebras parque africa 0117 1400x960
GUDKOV ANDREY/Shutterstock

O Parque Serengeti fica na fronteira da Tanzânia com o Quênia e é uma indicação certa para quem quer conhecer a vida selvagem de perto. Afinal, o território, que é Patrimônio Mundial da Unesco, tem mais de 30 espécies da mamíferos, entre eles, zebras, búfalos, leões e gazelas.  

Cratera de Ngorongoro 

parque cratera africa 0117 1400x931
reeonestock/Shutterstock

Em Ngorongoro, a principal atração turística é uma cratera vulcânica, “a maior caldeira inundada e ininterrupta do mundo”, segundo o site oficial do parque. A cratera tem cerca de 20 km de diâmetro, 600 metros de profundidade e 300 quilômetros quadrados de área.

Na área de conservação, os turistas também têm contato com a cultura do povo que mora na região. A fauna e a flora também são abundantes e compõem um cenário natural, em harmonia com os animais.

Hospedagem

Para ter mais comodidade nos safáris, o turista pode ficar hospedado dentro das próprias reservas. As opções de acomodações vão desde barracas de camping a suítes luxuosas, perfeitas para casais que estão em lua de mel. 

Por isso, é indicado que se procure uma agência de turismo ou, se você preferir fazer uma viagem por conta própria, pesquise os valores com antecedência. Os parques ainda recebem turistas de um dia, com preços de visitação diferenciados.

Custos

O custo para se fazer um safári africano como o que Maitê Proença e seu namorado fizeram depende do nível de hospedagem escolhido. 

No parque Seregati, por exemplo, as diárias para um casal saem a partir de R$ 619.

É importante dizer que os parques nacionais cobram taxas para visita. O turista que vai ao Ngorongoro, por exemplo, precisa desembolsar 60 dólares (R$ 180, em média) para passar apenas um dia na reserva. 

Desbravando a África