explore

Ir para Noronha pode ser 3 vezes mais caro que viagem internacional (listamos motivos)

fernando noronha morro 1116 1400x800
Camila1111/iStock/gio_ewbank/Instagram

Fernando de Noronha é um dos destinos paradisíacos brasileiros mais atrativos para quem gosta de praia e, por isso, está como o preferido entre muitos famosos, como Giovanna Ewbank, Bruno Gagliasso e a filha deles, Titi, e a atriz Grazi Massafera. Pela natureza irretocável, o local é ideal para viagens românticas, entre amigos ou mesmo sozinho. 

Afinal, estar cercado pelo que há de mais bonito no Brasil é uma inspiração e tanto. Mas, os altos preços que envolvem viajar para a ilha podem travar o sonho de muita gente.

Tanto que, em comparação com os gastos de viagens internacionais, como a Buenos Aires (Argentina) e Santiago (Chile), o custo da viagem a Noronha pode ser quase cinco vezes maior.

Além dos preços altos de hospedagem, um dos gastos mais curiosos está na taxa diária que o turista precisa pagar para o Governo pelo simples fato de pisar na ilha: a Taxa de Preservação Ambiental. A seguir, entenda para que serve essa tal taxa e quais são preços médios de passagem, hospedagem, alimentação e passeios, como do Parque Nacional Marinho.

Comparamos com alguns custos estimados para quem prefere sair do Brasil, baseado em valores para a permanência de um dia nestes destinos. Veja abaixo: 

Noronha X viagem internacional

Para compararmos os valores do turismo em Fernando de Noronha com outros países, fizemos uma estimativa de gastos que um turista teria em um dia de viagem para outros dois destinos bem conhecidos dos brasileiros: Buenos Aires e Santiago.

Fato é que, enquanto o turista gastaria R$ R$ 3.235,25 por dia em Noronha, desembolsaria mais ou menos R$ 1.600 para passar 24 horas nestes dois lugares. Foram levados em conta alimentação, passeio, hospedagem e passagem aérea de ida e volta. Os preços estão sujeitos a alteração e foram pesquisados em 28 de novembro de 2016.

Preço para Fernando de Noronha

  • 1 dia de TPA: R$ 64,25 
  • 1 Entrada Parque: R$ 99
  • Passagem aérea SP-Natal: R$ 1.000
  • Passagem aérea Natal-Noronha: R$ 1.124
  • Hospedagem (diária): R$ 748
  • Estimativa de alimentação (para um dia): R$ 50
  • 1 passeio pela ilha: R$ 150

Em um dia em Noronha você vai gastar: R$ 3.235,25

Preço para Buenos Aires

  • Passagem aérea: R$ 1.232
  • Hospedagem (diária): R$ 209
  • 1 Passeio show de tango + jantar: R$ 171,74
  • Estimativa de alimentação (para um dia): R$ 50 

Em um dia em Buenos Aires você vai gastar: R$ 1.662,74

Preço para Santiago

  • Passagem aérea: R$1.115 
  • Hospedagem (diária): R$ 292 
  • 1 Passeio a Valparaíso e Vina Del Mar: R$ 150
  • Estimativa de alimentação (para um dia): R$ 60

Em um dia em Santiago você vai gastar: R$ 1.617

Custos em Fernando de Noronha: por que é tão caro?

fernando noronha agua 1116 1400x933
elder/Getty Images

Taxa de preservação ambiental

A taxa de preservação ambiental (TPA) de Fernando de Noronha é uma espécie de “imposto ecológico” aplicado a todos os visitantes. Atualmente, o valor diário cobrado do turista é de R$ 64,25.

O pagamento pode ser feito pela internet, com o preenchimento de uma ficha cadastral com os detalhes da sua viagem. Você também pode pagar no aeroporto, na hora do desembarque. 

Se o visitante mudar seu período de estadia na ilha, para menos ou mais dias, terá direito à restituição e renovação da taxa, respectivamente.

Se a prorrogação da viagem não for autorizada pela administração da ilha, entretanto, o imposto será cobrado em dobro. 

Por que é cobrada

De acordo com a lei estadual 11.704/99, o dinheiro arrecadado com a Taxa de Preservação Ambiental deve ser aplicado pela Administração Geral na manutenção de acesso e preservação dos locais turísticos e dos ecossistemas naturais do arquipélago.

Também são previstas benfeitorias e obras que melhorem a vida dos moradores e dos turistas. A verba pode, inclusive, ser usada para o pagamento de funcionários que fazem estas tarefas. 

Entrada no Parque Nacional Marinho

fernando noronha mar 1116 1400x809
GIANCARLO DE SOUSA GIANNE/Getty Images

Para ter acesso às praias e baias, as principais atrações de Fernando de Noronha, o turista precisa incluir outro gasto no seu orçamento de viagem: o ingresso do Parque Nacional Marinho. Desde 2012, o atrativo também cobra ingressos, que valem por 10 dias:

  • R$ 99,00 para brasileiros
  • R$ 198,00 para estrangeiros

Apenas pagando esta taxa, o visitante tem direito a acessar trilhas e entradas da Praia do Sancho (considerada a melhor praia do País) e da Atalaia, com sua piscina natural.

fernando noronha tartaruga 1116 1400x933
RonaldoGuillen/Getty Images

Também fazem parte do Parque Nacional Marinho a Praia do Leão, santuário de desova das tartarugas marinhas, e as baias dos Golfinhos, do Sueste e dos Porcos. 

Os turistas também podem antecipar a compra das entradas pelo site do atrativo.

Passagem aérea

fernando noronha aviao 1116 1400x848
Anna Laura D'Avila Wolff/Getty Images

Para chegar a Fernando de Noronha, é possível sair de Recife, capital de Pernambuco, ou de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Um voo de São Paulo para Natal, por exemplo, custa a partir de R$ 1 mil, conforme simulação do Google Flights. Existem voos diários saindo destes locais para a ilha.

Em média, a viagem de ida e volta custa R$ 1.124 por pessoa, segundo simulação feita no Google Flights. Não há muita variação em relação aos dois pontos de partida. 

Hospedagem

fernando noronha pedra 1116 1400x930
Global_Pics/Getty Images

Curiosamente, as opções de hospedagem em Noronha são classificadas por “golfinhos” ao invés de estrelas. Segundo a administração da ilha, é indicado que o turista fique pelo menos cinco dias na região. 

Fizemos uma simulação de preço de hospedagem com este tempo de permanência em uma pousada “um golfinho”. Na pousada Lua Bela, a primeira listada no site oficial de Noronha, o preço de uma diária para um casal no quarto Deluxe custa R$ 748.

Alimentação

Segundo o Portal Brasil, é possível se alimentar na ilha com R$ 50 por dia. É necessário, entretanto, pesquisar restaurantes menos conhecidos, com serviço por quilo.

Lanches rápidos, como tapioca, segundo alguns visitantes que publicaram suas impressões no TripAdvisor, podem custar R$ 12. 

Passeios

Os passeios da ilha são indicados para conhecer a vida marinha e todas as paisagens paradisíacas. São realizados mergulhos, trilhas ecológicas e histórias, passeios de barco e um tour pela ilha.

Este último, indicado para ser feito no primeiro dia, dura oito horas e custa R$ 150 por pessoa. 

*Preços consultados em novembro de 2016

Viagem para praia