explore

Tóquio-2020 é logo ali! Quanto você precisa juntar para ir às próximas Olimpíadas?

Se você ficou inspirado e envolvido com o clima das Olimpíadas no Rio de Janeiro, mas não teve oportunidade de participar do evento, vibrar nas arquibancadas e fazer selfie com os arcos olímpicos, é hora de fazer planos. Os Jogos Olímpicos de 2020, em Tóquio, no Japão, já estão logo ali – e a gente promete que, se você se programar financeiramente, pode conseguir ir para o outro lado do mundo e aproveitar a vibe olímpica da melhor maneira possível. 

Saiba o quanto você gastaria, em média, em custos como passagem, hospedagem e ingressos para as competições. 

Jogos Olímpicos 2020 em Tóquio

toquio cidade vista 0816 1400x784
Sean Pavone/Shutterstock

As Olimpíadas em Tóquio acontecerão entre 24 de julho e 9 de agosto de 2020. Ou seja, temos pouco mais de 46 meses para poupar, evitar despesas supérfluas e aproveitar o evento esportivo sem se preocupar com o endividamento.

Custos

Os preços são uma estimativa, portanto não correspondem exatamente aos valores que serão praticados no período mais próximo às Olimpíadas (mas já dá para ter uma boa ideia e criar um plano de economia).

Passagens 

Se as Olimpíadas acontecessem em julho de 2017, por exemplo, as passagens de ida e volta custariam R$ 5.179 por pessoa pela empresa aérea KLM.

Hospedagem

A reserva de um quarto básico no APA Hotel Tokyo Ojima (pelo site TripAdvisor) pode custar R$ 229. Para 17 dias, período dos Jogos Olímpicos, o custo ficaria em R$ 3.893.

Alimentação

Para se ter uma ideia dos gastos com alimentação, por lá, o Big Mac, carro-chefe do Mc Donald's, custa R$ 14. Se você almoçasse e jantasse um sanduíche desses (não que a gente ache isso certo!), você gastaria só R$ 476 em alimentação nos 17 dias seguidos. 

Ingressos

Com base nos preços praticados na Rio 2016, o custo de um ingresso para a cerimônia de abertura seria de R$ 600,00, no segundo lugar mais barato. Já a entrada para a competição final do judô – se é para ir para lá, vamos prestigiar a arte marcial, não é mesmo? – custaria R$ 220,00, no lugar mais barato. Só com ingressos, seriam R$ 820.

Como economizar?

Somando estes gastos, você precisaria de, no mínimo, R$ 10 mil para fazer a festa olímpica sem passar perrengue. 

Para chegar a essa meta em quatro anos, te propomos o desafio de economizar R$ 7/dia até julho de 2020. Vale deixar o café na padaria de lado, não pedir bebida na hora do almoço e trocar duas idas ao cinema a um dia de maratonas na Netflix. Que tal?

*Preços pesquisados em agosto de 2016

Viagem a Bariloche:Quanto custa esquiar na Argentina, como Camila Queiroz e Klebber Toledo