mulher

Acabe com as birras do seu filho com o método 3 A (sem gritos ou broncas)

berrinche 4 0
Halfpoint

Gritos descontrolados, pontapés e choro excessivo são algumas das características mais comuns das birras infantis.

Esse comportamento surge quando as crianças se sentem frustradas ou tristes e não conseguem encontrar palavras para expressar essas emoções. Se não for controlado corretamente, pode levar a uma crise de ansiedade ou raiva.

nino enojado 2
Sharomka

Segundo especialistas, as birras são necessárias para o desenvolvimento do seu filho. Porém, para a saúde mental dele (e a sua), é fundamental que você saiba como controlar os acessos de raiva, sem perder a paciência ou desrespeitá-lo.

Por isso é importante conhecer o método 3 A, uma técnica que, além de simples e muito fácil de aplicar, vai melhorar o seu relacionamento com seu filho e torná-lo um adulto resiliente.

mama hijos berrinche 0
fiskez vía Shutterstock

Método 3 A para acabar com birras: o que é?

A ideia foi criada pela Dra. Mary Gleason, psiquiatra do Virginia Children's Hospital e especialista em acessos de raiva em crianças. Segundo a profissional, as birras são como uma panela de pressão que está prestes a explodir.

"Nesses momentos, a intensidade do momento supera a capacidade da criança de pensar e refletir, então os sentimentos se tornam muito mais fortes do que a razão", disse ela ao jornal The New York Times.

menina choro birra 0719 1400x800 0
Pressmaster/Shutterstock

O objetivo dessa técnica é que as crianças tenham consciência de suas emoções e saibam controlá-las com facilidade e sem perder o controle. Para conseguir isso, você deve seguir as seguintes etapas:

trantrum 1
MNStudio

1. Antecipe a raiva

O primeiro passo para encerrar uma birra é respirar fundo e manter uma postura relaxada. Desta forma, você pode transmitir calma ao seu filho e ele também poderá se acalmar.

mama e hijo hablando escucha activa  0
Ivan Marjanovic vía Shutterstock

Lembre-se de que seu filho vê o mundo através de seus olhos. Se ele perceber que você está gritando ou perdendo o controle com facilidade, pensará que isso é normal e começará a imitá-lo, afirma o site Conscious Discipline.

Leve isso em consideração e evite situações que possam ser estressantes ou causar acessos de raiva.

berrinche 2 347107283
SpeedKingz/shutterstock

Por exemplo: se você precisa ir ao shopping e sabe que seu filho vai pedir um sorvete ou um brinquedo, esteja preparado para qualquer situação e converse com ele antes de sair de casa.

Diga a ele que desta vez não haverá brinquedo ou sorvete, pois é a vez de a mamãe ou o papai comprar alguma coisa. Da próxima vez, você deve manter sua promessa e dar a ele o que ele deseja.

tips alimentacion sana 3
Andreas Rodriguez/iStock/Thinkstock

2. Acompanhe a criança durante a birra

Você pode pensar que o melhor a se fazer é ignorar o acesso de raiva e deixar a birra acabar por conta própria, porém, essa resposta pode fazer com que a criança se sinta incompreendida, triste e humilhada.

Quando ocorre um acesso de raiva, é importante ficar ao lado do seu filho e explicar com firmeza e clareza que você não prestará atenção nele até que ele decida se acalmar, sugere a Academia Americana de Pediatria.

bebe alimentacion obligar obesidad traumas 2 0
Marcel Jancovix vía Shutterstock

Isso o ajudará a distinguir suas emoções e ele aprenderá que, quando grita, chora e chuta, não será facilmente compreendido. Portanto, quando ele desejar ser ouvido, deverá se acalmar e permanecer tranquilo.

5 tips para manejar a un nino contestador 3 2
Larisa Lofitskaya/Hemera/Thinkstock

3. Abraços e palavras empáticas

O Dr. R. Douglas Fields, neurocientista e autor de "Why We Snap: Understanding the Rage Circuit in Your Brain", argumenta que, quando ocorre um acesso de raiva, o sistema nervoso dos pequenos fica agitado e fora de controle, aumentando seus níveis de estresse.

crianca chorando chilique birra 11
atrickheagney / Istock

Nesse sentido, vários especialistas afirmam que dar um abraço apertado ou mimar a criança por alguns minutos pode garantir contenção física e emocional e evitar que seu filho se machuque.

8 consejos que nuestras madres nos dieron y hoy valoramos mas que nada 0
Wavebreakmedia Ltd/Wavebreak Media/thinkstock

Além disso, deixar seu filho chorar em seus braços permitirá que ele expresse suas emoções e o fará se sentir amado e apreciado.

Com este ato você mostrará a ele que é válido sentir raiva ou tristeza e que ele apenas precisa saber se expressar corretamente.

problemas del sueno coronavirus 4
Rawpixel.com vía Shutterstock

Como se não bastasse, essa ação também estimula a produção de substâncias químicas, como a serotonina e a dopamina, que podem reduzir a ansiedade e a frustração. Experimente, é uma excelente alternativa para conter o mau comportamento.

mama hija abrazo 0
Fizkes vía Shutterstock

Finalmente, lembre-se de que o objetivo desse método é que seu filho aprenda a lidar com seus sentimentos de uma perspectiva positiva e amorosa.

Depois de experimentar, você notará que o comportamento dele melhorará e você poderá esquecer os gritos e o estresse.

mama hija platica 1
Evgeny Atamanenko vía Shutterstock

Como acabar com as birras dos filhos

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Carolina Lomas.