mulher

Ewbank emociona ao narrar o 1º encontro dos filhos e a reação espontânea de Bless

Mãe de três, Giovanna Ewbank já relatou em outras oportunidades (inclusive, em um TED!) como foi o processo de adoção de Titi, sua primeira filha com Bruno Gagliasso. Recentemente, ela decidiu falar um pouco mais sobre a experiência com Bless.

Além de dar detalhes sobre a decisão de ter mais um filho, ela narrou como foi o primeiro encontro dos filhos mais velhos e emocionou a todos.

Adoção de Bless

Ewbank é mãe adotiva de duas crianças, Titi e Bless. A menina de sete anos foi adotada em 2016, após o chamado "parto no coração", como a própria apresentadora costuma dizer. Já o filho do meio, atualmente com seis anos, chegou à família em 2019.

Em um vídeo respondendo às perguntas dos seguidores, Gioh decidiu contar um pouco mais sobre a chegada do pequeno. Ao receber uma pergunta sobre como foi a reação de Titi ao saber que ganharia um irmão, a apresentadora deu mais detalhes de todo o processo.

Conforme ela contou, foi Titi quem deu a ideia de ter um irmão. Segundo Ewbank, era visível o desejo da menina em ser irmã mais velha. "Com isso, eu e Bruno, a gente foi amadurecendo a ideia de um novo membro, de um outro filho".

Giovanna contou que, por um tempo, eles conversaram com a filha para explicar que precisariam esperar. Na época, o casal estava decidido a não ter filhos biológicos. Assim, eles optaram por uma nova adoção também no Malawi (terra natal de Titi).

"A gente criou raízes lá, criou laços lá, grandes amizades. É o nosso segundo país do coração, a gente ama aquele país", diz a apresentadora.

Foi durante uma visita ao país que eles encontraram o segundo filho. "O Bless era um bebezão, gordinho, super na dele. Ele era muito tímido, muito na dele", lembra.

O jeito especial do menino encantou Giovanna e Bruno e no primeiro contato com eles, o menino deu um abraço que fez os dois estremecerem. "A partir daí a gente começou a encontrar sempre com ele e começamos a nos envolver com ele já sabendo que a gente queria", explica.

O processo de adoção não foi tão rápido quanto esperavam, mas serviu para preparar também os dois filhos.

Antes de se verem pessoalmente, o casal usou a tecnologia para aproximar os irmãos: "O Bless já conhecia a Titi através de vídeos e fotos que a gente mostrava para ele. Ele já foi se familiarizando com a família. A gente fazia Facetime com ele e criou uma conexão muito forte, muito saudável e de paz, de tranquilidade", conta a apresentadora.

O primeiro encontro dos dois foi ainda no hotel, no Malawi, assim que puderam ficar com o menino. Gagliasso foi buscar a filha, que estava no quarto dos avós, e ela já entendeu o que estava acontecendo.

"A Titi veio no caminho, meio chorando, já entendendo o que ia acontecer. Na hora que a Titi abriu a porta do quarto, o Bless gritou: 'Chissomo'!", contou emocionada. "Ele não falava nada de português, mas na hora que ele viu ela, ele falou: 'Chissomo'. Tipo assim, minha irmã chegou, finalmente", revelou.

Desde então, os dois se tornaram unha e carne. "Parece que sempre estivemos juntos", concluiu. É claro que Titi também passou por crises de ciúmes, mas eles conseguiram guiar a filha nesse processo.

Assista ao relato completo:

Filhos dos famosos