mulher

3 questões que mostram se você realmente conhece seu filho

mae filha brincadeira 0121 1400x800
Evgeny Atamanenko/shutterstock

O excesso de trabalho, afazeres e preocupações pode atrapalhar a interação familiar e fazer com pais e mães deixem de acompanhar de forma plena o desenvolvimento dos filhos. O tempo passa e, um dia, você percebe que não conhece, de fato, a criança que gerou.

pai mae filho bebe familia 0520 1400x800
Hrecheniuk Oleksii/Shutterstock

De acordo com Danielle H. Admoni, psiquiatra da infância e adolescência na Escola Paulista de Medicina UNIFESP, a proximidade entre pais e filhos é fundamental para fortalecer vínculos afetivos e gerar segurança, confiança e autonomia na criança.

mae filha conversa 0420 1400x800
fizkes/Shutterstock

“Construir laços e um convívio saudável com seu filho é uma conduta que fará toda a diferença no futuro dele”, afirma a especialista.

pai mae filha 0520 1400x800
fizkes/Shutterstock

Mas nem sempre é fácil identificar no dia a dia como anda a relação entre pais e filho. Para tornar a tarefa mais fácil, conheça 3 questões levantadas pela psiquiatra que ajudam a descobrir se você realmente conhece seu filho:

1. O que você sabe sobre seu filho?

Segundo Danielle, ter conhecimento sobre as características da criança, preferências, qualidades e defeitos, é fundamental não só para o relacionamento, mas para entender como seu filho encara o mundo, quais suas percepções e a maneira como lida ou reage frente a determinadas situações.

mae conversa filho 0319 1400x800
Ivan Marjanovic/Shutterstock

Você conhece os amigos do seu filho? Sabe a matéria e o esporte preferidos dele? Questionamentos sobre fatos simples e corriqueiros podem ajudar a descobrir como anda a interação familiar.

bebe pai homem engatinhar 1219 1400x800
Dmytro Zinkevych/shutterstock

“Participar do desenvolvimento e manter interação demonstram que você está disposto a conhecer ou reconhecer o mundo do seu filho, transmitindo valores como empatia, confiança e humanidade”, explica a psiquiatra.

2. O que você e seu filho fazem juntos?

mae filha brincadeira 0419 1400x800
Evgeny Atamanenko/Shutterstock

Você consegue se desligar de tudo e dar total atenção a seu filho no tempo que tem disponível? Tenha em mente que cada minuto junto deve ser aproveitado de forma plena e genuína, independentemente do que estão fazendo.

pai adolescente menino 1220 1400x800
Stock Rocket/shutterstock

Danielle diz que uma relação próxima entre pais e filhos gera sentimentos de segurança e amor à criança, sendo fundamental para sua saúde mental, autoconfiança e para a construção de sua autoestima. "Os pequenos são dotados de grande sensibilidade e sabem perfeitamente se há interesse verdadeiro ou não”, afirma.

3. Quem seu filho procura quando precisa de ajuda?

Todos os pais querem ser o porto seguro de seus filhos, mas a verdade é que nem todos são. Muitas vezes, este posto pode ser da avó, de uma tia ou até mesmo da babá, caso a criança passe mais tempo com ela do que com qualquer familiar.

familia filhos abraco 1217 1400x800 0
Guasor/iStock

Por isso é importante tentar sempre manter um canal aberto com seu filho e ser aquela pessoa por quem ele chama quando está com medo ou dor, aconselha a psiquiatra.

mae filho abraco carinho 05
pashyksv / Istock

Nunca menospreze o que a criança está sentindo e mostre que você entende seus sentimentos. Essa postura fará com que seu filho sinta abertura para expor suas emoções. E quando ele te procurar para falar, dê total atenção.

familia casa filhos casa 0120 1400x800
Roman Samborskyi/Shutterstock

"Por fim, seja sempre afetuoso e mostre que você é um suporte. Assim, seu filho saberá que tem em você alguém sábio a quem recorrer durante toda a vida”, conclui Danielle.

Educação infantil