mulher

Mulher não pode engravidar e mãe "empresta" útero para gerar o próprio neto aos 51 anos

Instagram

Só quem sonha em engravidar e não consegue sabe como é difícil encarar o resultado negativo para uma gravidez ou, pior, enfrentar um aborto.

Mas um casal que lutava contra a infertilidade em Chicago, nos Estados Unidos, encontrou uma forma de gerar uma criança em um lugar onde será duplamente amado: na barriga de sua avó.

Avó é barriga de aluguel

Instagram

Breanna e Aaron Lockwood contam em entrevista ao site “The Oprah Magazine” que começaram a tentar engravidar em 2016.

A norte-americana sempre imaginou que engravidaria rapidamente após deixar de usar métodos contraceptivos, porém não foi o que aconteceu.

Depois de meses sem conseguir engravidar, o casal se consultou com um especialista, que sugeriu um tratamento para fertilidade.

Instagram

Após dois dolorosos abortos, infelizmente, Breanna desenvolveu problemas uterinos que dificultariam ainda mais uma gestação.

O casal, entretanto, não quis desistir do sonho de um filho biológico.

“O que realmente me ajudou quando eu estava lutando era que estava muito determinada. Eu continuava dizendo ‘eu serei uma mãe’. Eu acho que isso é importante para mulheres saberem que há opções”.

Instagram

Vendo a filha sofrer por tentar engravidar e não conseguir, Julie Loving, de 51 anos, se voluntariou para carregar o próprio neto no ventre. Breanna relutou inicialmente, mas, depois, aceitou a ideia.

Gestação da avó

Instagram

Antes de gerar o próprio neto, porém, Julie precisou passar por uma bateria de exames, inclusive psicológicos. Tudo deu certo, e a família teve permissão para seguir com o procedimento.

“Em fevereiro, nós transferimos um embrião saudável. Eu estou tão feliz! Minha mamãe, minha melhor amiga, está gerando seu próprio neto, meu filho”, escreveu Breanna no Instagram.

Instagram

“Compartilhar esta aventura com minha mãe tem sido a mais única e incrível experiência. Barriga de aluguel é verdadeiramente o presente mais altruísta. Ela é o exemplo puro de ‘você faria qualquer coisa pelos seus filhos’, e se eu puder ser metade da mãe que ela é, eu sei que estou fazendo algo certo", disse ainda na rede social.

Em novembro, uma menina chega para completar a família de Breanna e Aaron.

Instagram

Mães e filhos