mulher

“Eu odiei ficar grávida”: Kim Kardashian não esconde que detestou suas gestações

“Eu odiei ficar grávida”. A declaração dada por Kim Kardashian pode soar forte e insensível, mas as razões são claras e compreensíveis: a famosa teve duas gestações muito difíceis e que colocaram em risco sua saúde.

Kim Kardashian teve gravidez de risco

kim kardashian socialite 0520 1400x800
Frazer Harrison/Getty Images

Em 2013, a vida de Kim Kardashian ao lado de seu parceiro, o rapper Kanye West, beirava a perfeição. E um filho viria coroar esse momento especial e fortalecer ainda mais o relacionamento dos dois. A gravidez da socialite, no entanto, foi mais complicada do que ela poderia imaginar.

Instagram

Kim sempre quis ter uma família numerosa e ela sonhava em ter seis filhos. Mas logo na primeira gestação ela perceberia que as coisas não seriam tão fáceis. Quando estava esperando a primogênita, desenvolveu pré-eclampsia (ou toxemia gravídica).

Instagram

A condição ocorre quando a mulher tem seu nível de pressão arterial aumentado durante a gestação, podendo sofrer com inchaços nos membros, além de eliminação elevada de proteínas na urina.

Mais comum após a 20ª semana de gestação e também em mulheres que estão grávidas pela primeira vez, a toxemia não possui uma causa específica, mas alterações imunológicas causadas pelos anticorpos placentários podem resultar na hipertensão. Beyoncé foi outra celebridade que sofreu com o mesmo problema.

kim kardashian gravida 0520 1400x800
Larry Busacca/Jason Merritt/Getty Images

North West, primeira filha de Kim Kardashian, nasceu no dia 15 de junho de 2013, 6 semanas antes do previsto, de parto induzido. Logo depois do nascimento, a socialite foi diagnosticada com placenta acreta, condição que pode resultar em intensa hemorragia.

Instagram

Após as complicações, os médicos não tinham dúvidas: insistir em uma segunda gravidez seria uma loucura. Kim, porém, não estava disposta a desistir de ser mãe novamente. Dois anos depois, anunciou que estava grávida novamente e, mais uma vez, a vida dela e do bebe corriam riscos.

Instagram

Em 5 de dezembro de 2015, Kim deu à luz Saint West. O menino nasceu saudável, mas a famosa ficou muito debilitada. “Precisei fazer cinco cirurgias em um ano e meio para resolver os estragos que foram feitos dentro de mim”, contou.

Instagram

Mas ela ainda queria mais filhos! Engravidar novamente, porém, estava fora de cogitação. Foi então que a ideia de ter um filho por meio de barriga de aluguel ganhou força. E foi por esse procedimento que Kim e Kanye receberam Chicago West, em 2018, e Psalm West, em 2019.

Instagram

Kim Kardashian realizaria, então, o sonho de ter uma grande família. Hoje ela se sente tão realizada que já aceitou a ideia de “fechar a fábrica” e não mais ter seis filhos. “Estou muito ocupada fazendo outras coisas e quero ter a certeza de que cada um deles terá minha total atenção. Quatro é um número mágico, perfeito para mim”, afirmou.

Kim Kardashian em família