mulher

A tocante história de Thaeme e sua bebê arco-íris, sempre guardada por um anjinho

A cantora Thaeme Mariôto revelou em 2018 que estava grávida, mas, pouco tempo depois anunciou que havia sofrido um aborto espontâneo.

Ela ainda se recuperava da perda quando descobriu uma nova gestação e que sua bebê arco-íris, Liz, estava a caminho - o "apelido" é dado aos bebês que nascem após um aborto espontâneo. A nova gravidez também foi cercada de preocupação, mas tudo correu bem e hoje ela é sempre protegida por um anjinho.

Thaeme Mariôto teve primeira gravidez de risco

Foi por meio de uma publicação em suas redes sociais que Thaeme Mariôto revelou ao público que estava novamente grávida.

A cantora fez o anúncio que, para ela e o marido, o empresário Fábio Elias teve um significado para lá de especial, já que em maio de 2018 a artista sofreu um aborto espontâneo.

O primeiro bebê apresentava uma alteração cromossômica e, além disso, Thaeme tinha desenvolvido a trombofilia, condição que causa entupimento das veias e pode obstruir a circulação de sangue para a placenta.

Na época, Thaeme dividiu seus sentimentos com o público: “nosso anjinho não resistiu aos 3 primeiros meses. Uma dor que somente quem já passou por isso pode entender. Você nunca espera que vai acontecer com você”.

Preocupação durante segunda gestação

Thaeme ainda se recuperava da perda de seu primeiro bebê quando descobriu que estava grávida. Em um post no Instagram, a cantora divulgou:

"Tem bebê 'Arco-Íris' a caminho, titios e titias!! Muito obrigada, Senhor, por nos proporcionar viver esse momento de tamanha ALEGRIA e emoção!!! A vida dele (dela) está entregue em Suas abençoadas mãos, que seja feita a SUA vontade!!! PS: 'Arco-Íris' é o nome dado ao filho que vem após um outro filho virar anjo."

A boa notícia, no entanto, veio cercada de cuidados: ela saberia que, novamente, sua gestação seria de risco. Thaeme teve que lidar com tensão e angústia durante toda a gravidez de Liz.

Para se certificar de que teria uma gravidez mais segura possível, a cantora passou por uma rotina de tratamento intenso. Durante os 9 meses, precisou tomar uma injeção por dia.

Em entrevista ao VIX, Thaeme disse que fez reposição de progesterona para engravidar. Ela contou com orientação médica para reequilibrar o ciclo menstrual: "No primeiro mês, foi terrível, fiquei muito tempo sangrando”.

Nascimento da bebê arco-íris de Thaeme

Em abril de 2019, o sonho de ser mãe se tornou realidade: Liz veio ao mundo por meio de uma cesárea realizada em um hospital de São Paulo. Já na maternidade a famosa usou a referência do "anjinho" para prestar uma homenagem ao primeiro bebê.

A imagem de uma menina sendo observado por um anjo estava presente em toda a decoração do quarto e foi usada como símbolo de proteção.

thaeme bebe arco iris 1400x800 0920
blogdathaeme/youtube

Na véspera do Dia dos Pais, Thaeme celebrou o batizado de Liz com um significativo detalhe.

Na celebração, uma pequena imagem (foto acima) chamou a atenção dos convidados e pouca gente sabia que ela tinha um significado muito especial para a família: era uma linda e discreta homenagem ao bebê que a cantora perdeu pouco antes de engravidar de Liz.

Gravidez interrompida de Thaeme