Saiba se é normal umbigo mudar tanto após gravidez, como aconteceu com Tatá Werneck

tata werneck rafa vitti 1019 1400x800 0
Webert Belicio/AgNews

Tatá Werneck deus à luz Clara Maria, sua primeira filha com o ator Rafael Vitti, há pouco mais de um mês. Recentemente, ela fez um post no Instagram, falando sobre a modificação que notou em seu umbigo após a gestação, fato que chamou atenção: é normal o umbigo mudar após a gravidez?

Tatá Werneck: umbigo mudou após a gestação

Instagram

Tatá Werneck compartilhou uma foto em seu perfil do Instagram de quando ainda estava grávida para fazer um desabafo bem-humorado sobre a mudança em seu corpo.

De acordo com a apresentadora, pouco mais de um mês após o nascimento de Clara Maria, ela notou que seu umbigo continua mais largo do que era antes de engravidar, característica que notou ao decorrer da gestação.

"#tbt de quando minha barriga tava linda e eu tava começando a perder meu umbigo que hoje alargou e cabem 3 moedas de um real", brincou na legenda da foto.

Umbigo largo após a gestação

E natural que a barriga sofra algumas alterações durante a gestação, principalmente no umbigo, que tem uma fragilidade anatômica natural, ou seja, pode mudar de forma de acordo com mudanças abdominais, conforme explica o ginecologista do Hospital Sírio Libanês Eduaro Motta.

Segundo o médico, conforme a barriga estica durante a gestação, o tamanho e anatomia do umbigo podem mudar. "Com a gravidez, a parede abdominal estica e pode aumentar esta fragilidade, que depende do quanto cresce a barriga e qual a resistência dos tecidos de cada pessoa", explicou.

Instagram

Um exemplo é o umbigo saltado (como ficou o de Marília Mendonça, também grávida), que acontece porque o útero, na reta final da gravidez, ultrapassa os 24 cm de altura e o fundo do órgão pode ser sentido a 5 cm do umbigo - o que acarreta a saliência dessa parte do corpo.

Mas ele também pode ficar mais largo, como o de Tatá. De acordo com Motta, essa alteração no tamanho do umbigo é normal e, geralmente, tende a diminuir algum tempo após o parto.

Alteração pode causar hérnia

barriga gravida gravidez gestacao 1218 1400x800
thodonal88 / Shutterstock

Entretanto, se o aumento for grande, mesmo a redução posterior pode não ser suficiente para que a região volte ao normal e a mulher pode desenvolver hérnia umbilical, caracterizada por uma protuberância anormal que pode ser vista ou sentida na região do umbigo.

De acordo com o ginecologista, quando o umbigo não volta ao tamanho normal, "a pressão dentro da barriga empurra tecidos, gordura e até alças do intestino por este espaço, caracterizando a hérnia".

Caso a mulher perceba que o umbigo não está voltando ao tamanho inicial, é importante procurar um médico e relatar o ocorrido.

Tem uma dúvida de saúde? Envie para vixresponde@vix.com e ela poderá ser respondida por um especialista em nossa nova coluna, o VIX Responde.

Umbigo durante a gestação