Mari Weickert superou medo de ser mãe com a chegada da filha: "É muito mais incrível"

mari weickert apresentadora 119 1400x800
Divulgação

Mariana Weickert superou o medo de ser mãe após o nascimento de sua primeira filha, Theresa, em fevereiro de 2018, fruto do relacionamento com o empresário Artur Ferraz.

"Eu tinha muito medo de me arrepender da maternidade", confessou a apresentadora do "Domingo Espetacular", em entrevista ao VIX. "Durante muito tempo, eu não queria ser mãe".

Mariana Weickert fala sobre medo da maternidade

Instagram

Durante boa parte da sua vida, Mari teve receio de engravidar, já que, nas palavras da famosa, o status de mãe é permanente. "É muito assustador. Uma vez mãe, você é sempre mãe".

No meio do turbilhão de emoções que sempre passaram pela cabeça, Mari engravidou de Theresa, ainda sem saber o que esperar. "Hoje eu entendo mulheres que questionam a maternidade. É tudo muito legítimo".

A gravidez foi uma confusão de sentimentos, misturada com mudanças intensas e uma enxurrada de hormônios, que só aumentaram a ansiedade da mamãe de primeira viagem para a chegada da bebê.

Instagram

O nascimento da pequena foi tão transformador, que fez com que Mari passasse a enxergar a maternidade de outra forma, diferente de tudo que tinha imaginado. "É muito mais incrível do que eu poderia perceber".

Atualmente, Mari tenta conciliar a rotina de gravações totalmente imprevisível como repórter especial do "Domingo Espetacular" (Record TV), mas não dispensa os momentos a sós com a filha, que é seu verdadeiro grude nos bastidores da TV.

Instagram

Tetê, como é carinhosamente chamada pela mãe, faz sucesso nas redes sociais da apresentadora, que ainda prefere ser mais reservada sobre a sua vida pessoal. "Eu posto pouco, mas eu vivo muito".

"Eu acabo postando quando estou mais em casa. De vez em quando, estou com a Theresa e lembro 'que coisa engraçadinha', minha mãe e meu pai me cobram. Acaba sendo um canal para a família também".

Por não ter horários definidos para o trabalho, que consiste na elaboração de reportagens imersivas em várias regiões do Brasil, Mari conta com uma rede de apoio de confiança para cuidar da pequena.

mari weickert theresa 1119 1400x800
Thiago Martins/AgNews

"Eu não consigo planejar. Eu nunca sei se vou ficar 5 dias fora, se vou ficar 3 dias fora, se eu vou gravar no Rio mesmo, se eu vou conseguir, igual uma pessoa normal, sair de casa para trabalhar e voltar no mesmo dia".

Por causa disso, Mari, que é muito apegada à filha, sofre quando ela pede para que não vá. "Theresa está em uma idade que está começando a entender, então ela fica 'mamãe, trabalhar não', ela sente. Me parte o coração".

Mari Weickert: vida, carreira e maternidade