Marília Mendonça fala sobre 7 mudanças causadas pela gestação em seu corpo

marilia mendonca todos os cantos 0919 1400x800 2
Divulgação/Globoplay

As transformações corporais que a gravidez de Marília Mendonça tem proporcionado ao seu corpo inspiraram a cantora a escrever um pequeno relato.

No Twitter, a sertaneja falou sobre sete mudanças que sofreu no processo de gestação de Léo, o bebê que deve nascer muito em breve.

Marília Mendonça: 7 mudanças no corpo pela gravidez

marilia mendonca 1019 1400x800
Dilson Silva / AgNews

À espera de seu primeiro filho, fruto do relacionamento com Murilo Huff, Marília foi ao Twitter para falar sobre a gravidez. Como de costume, a cantora foi bastante honesta e descreveu com sinceridade o que tem sido a atual gestação de Léo.

Ao público, a sertaneja contou que deseja ter de volta características suas que foram transformadas pela gestação: “Quero meu cabelo de volta, meu nariz, minha pele, minha facilidade em dormir, meu humor, poder fazer dieta, minha disposição”, desabafou Marília.

E, claro, a sertaneja também carrega outro desejo. Mas esse não tem nada a ver com o seu corpo. “[Quero] o Léo no meu colo... será que é pedir muito?”

Transformação do corpo na gravidez

Cabelo

pentear cabelo longo 0819 1400x800
VGstockstudio/Shutterstock

Anteriormente, Marília já havia relatado que a gestação deixou seus fios mais oleosos e que, inclusive, vem sofrendo para mantê-los limpos.

"As alterações hormonais que acontecem durante a gravidez podem provocar um aumento de oleosidade no couro cabeludo, principalmente devido ao estímulo da progesterona nas glândulas sebáceas", explica Flávia Basílio, membro da Sociedade Americana de Pesquisa de Cabelo, a AHRS.

Após o parto, é normal que haja queda dos fios. O comum é que a queda capilar dure até seis meses após o parto, até que o cabelo volte ao normal.

Nariz largo

Ficar com o nariz largo, pálpebras pesadas, bochechas arredondadas e outros sintomas do inchaço facial, ou edema, são mudanças justificadas no corpo da grávida por diferentes fatores.

Um deles é o crescimento do bebê na barriga da mãe. Conforme aumenta de tamanho, o bebê passa a comprimir os vasos sanguíneos, o que acarreta em diminuição da velocidade do sangue pelo corpo e, consequentemente, maior retenção de líquidos.

Outra justificativa para o rosto mais arredondado é o ganho de peso excessivo na gestação, que pode ser piorado com sedentarismo, calor e maus hábitos alimentares.

O edema é preocupante, porém, quando for súbito e acompanhado de dores de cabeça e pressão alta. Nesse caso, o recomendado é que a grávida procure um médico pois o edema pode sinalizar um quadro de pré-eclâmpsia.

Pele

melasma mancha pele testa 1016 1400x800
Manuel Faba Ortega/istock

A pele é um dos órgãos mais afetados pela gravidez. Ao longo da gestação, é possível o aparecimento de manchas, aumento da produção de suor, estrias, acne, além do surgimento de vasinhos sanguíneos (telangiectasias).

Os chamados cloasmas gravídicos, ou melasma de gravidez, costumam ser os sinais na pele mais temidos pelas grávidas e consistem em manchas acastanhadas de diversos tamanhos que podem aparecer nos mais variados locais - inclusive no rosto.

Sono

gravida deitada inchaco 0919 1400x800
Odua Images/Shutterstock

Diferente do que se pensa, o sono da mulher não aumenta durante a gravidez. Pelo contrário. É muito comum que ela sinta dificuldade de dormir ao longo da gestação.

Dentre as dificuldades encontradas pela gestante na hora de pegar no sono destacam-se o sono leve com pesadelos, decorrentes de alterações típicas das alterações hormonais, ou mesmo o desconforto gerado pela barriga - afinal, não há posição certa para dormir.

Oscilação de humor

melhorar humor saude 0217 1400x800
primiaou / iStock

Ter oscilações de humor não é algo a se estranhar em grávidas. Ainda no primeiro trimestre da gestação, a mulher passa por uma forte elevação hormonal que afeta muito o seu estado emocional.

Consequentemente, muitas acabam sonolentas ou mais chorosas. Por outro lado, há gestantes que acabam sofrendo com náuseas ou vômitos intensos ou mesmo mais irritação e mau humor.

Não existe uma regra estabelecida sobre o padrão de comportamento da gestante em relação ao humor na gravidez e, de acordo com a ginecologista e obstetra Maria Elisa Noriler, todos esses sintomas são normais entre as gestantes e podem variar de uma mulher para outra - até na mesma mulher, dependendo da gestação.

Alimentação

prato salada vegetariano refeicao vegetariana sem carne 09
Mizina / Istock

Fazer dietas restritivas não é recomendado durante a gravidez. Ou seja: Marília não pode, mesmo, seguir dietas por enquanto.

Segundo a nutricionista Roberta Stella, todos os nutrientes devem estar presentes na alimentação da grávida, pois além de fornecerem energia, são veículos de substâncias e micronutrientes (vitaminas e minerais) importantes para o desenvolvimento do bebê e a manutenção da saúde da futura mamãe.

E, não, aquela história de que a grávida deve “comer por dois” também não procede. A mulher apenas precisa aumentar de leve seu consumo calórico porque exige-se uma maior energia para que o bebê seja formado.

“A quantidade de energia que a mãe deve obter por meio da alimentação deve ser aumentada em 300 calorias. Por exemplo, se antes da gestação a mulher precisava de 2.000 calorias para a manutenção do peso, na gestação essa mulher precisará de 2.300 calorias”, diz Roberta.

Falta de disposição

mulher gravida sentada 0319 1400x800
By Africa Studio/Shutterstock

A saudade de Marília por sua disposição pode ser um reflexo do cansaço típico da gravidez.

A falta de energia na gestação acontece, em partes, porque os níveis de progesterona aumentam no organismo da mulher, o que provoca sonolência e cansaço.

Do segundo trimestre em diante, a fadiga deve-se porque a mulher carrega um bebê muito grande.

Afinal, é possível que a gestante passe a ter dificuldade para dormir, sinta muita vontade de ir ao banheiro, sinta dores nas costas, azia e outros incômodos corporais que lhe acarretam desgaste físico.

Tem uma dúvida de saúde? Envie para vixresponde@vix.com e ela poderá ser respondida por um especialista em nossa nova coluna: VIX Responde.

Gravidez de Marília Mendonça