Cabelo oleoso faz Marília Mendonça mudar os cuidados na gravidez: "Não aguento mais"

Instagram

Marília Mendonça está no sexto mês de gestação do primeiro filho, que vai se chamar Léo, e tem dividido um pouco de sua experiência com os fãs através das redes sociais. Em um desabafo no Twitter, a cantora confessou que criou uma nova rotina de cuidados capilares na gravidez.

"Coisas que eu não aguento mais: lavar o cabelo todos os dias, secar o cabelo todos os dias, pois se ele seca sozinho, fica totalmente desfigurado", afirmou a sertaneja. Segundo Marília, essa necessidade surgiu com o excesso de oleosidade no cabelo durante a gestação.

O quadro de oleosidade nos fios pode ser uma situação comum e incômoda durante a gravidez, como explica a Dra. Flávia Basílio, membro da Sociedade Americana de Pesquisa de Cabelo, a AHRS (American Hair Research Society).

Cabelo oleoso na gravidez

Mesmo quem não sofre com a oleosidade dos fios pode apresentar esse quadro durante a gestação.

"As alterações hormonais que acontecem durante a gravidez podem provocar um aumento de oleosidade no couro cabeludo, principalmente devido ao estímulo da progesterona nas glândulas sebáceas", explica a especialista.

Os cuidados que Marília Mendonça têm tomado, inclusive, fazem parte da indicação médica, já que a oleosidade excessiva pode causar foliculite. Foliculite é uma espécie de inflamação do folículo piloso, onde nascem os pelos e os fios de cabelo, formando bolinhas vermelhas.

pelo encravado 1216 1400x600
alphabe/Shutterstock

O que usar?

Quem não está grávida e sofre com a oleosidade excessiva dos fios, a opção é procurar shampoos específicos que tratem o óleo no couro cabeludo.

Já no caso das gestantes, algumas alternativas podem ser estudadas: "Existem medicamentos que controlam a caspa, comum em quem tem o couro cabeludo muito oleoso, e que só devem ser usados em gestantes com orientação médica", sugere a Dra. Flávia.

escova cabelo progressiva 0318 1400x800
MilanMarkovic78/shutterstock

A sertaneja também tem usado o secador todos os dias. A ferramenta térmica não é prejudicial para a oleosidade, mas deve ser usada com cuidado: sempre em temperatura não muito quente e a uma distância de 15 cm do couro cabeludo.

Além de uma função estética, usar o secador também é uma opção para manter os cabelos saudáveis.

"O hábito de secar o couro cabeludo é importante para prevenir também o surgimento da caspa", completa a dermatologista.

Cabelo na gravidez