Como dar remédio para criança sem sofrer: 6 macetes que toda mãe usa

remedio crianca seringa 0919 1400x800
suriyachan/Shutterstock

Quando o pediatra faz a receita com os remédios que a criança deve tomar, muitos pais já ficam apreensivos. Não só pelo preço dos medicamentos, mas também sobre como fazer o filho aceitá-los.

Nesta hora, não adianta mentir dizendo que é igual a um doce - a criança pode acreditar e querer tomar remédios escondida. Ameaças só pioram a situação, e oferecer recompensas faz o seu filho pensar que tomar remédio é algo negociável, quando não deve ser.

Macetes para dar remédio

Nem sempre é fácil fazer a criança tomar remédio sem traumas e sofrimento. Pedir dicas ao pediatra pode ajudar, assim como alguns macetes que salvam a pele das mães mais experientes:

1. Manter a calma

De acordo com as orientações do Hospital Santa Joana sobre como oferecer remédios aos filhos, é preciso enfrentar a situação de maneira tranquila, pois a sua atitude é um espelho para a criança.

Quanto menos você demonstrar nervosismo e ansiedade, melhor. O mais importante é fazê-lo compreender a importância de tomar aquele medicamento. Converse - se a criança tiver mais de dois anos, ela vai entender.

remedio crianca xarope 0919 1400x800
Kaspars Grinvalds/Shutterstock

2. Experimentar antes

Como você vai dizer para o seu filho que o remédio é gostoso se você nem experimentou? Provar uma gotinha serve para dar o exemplo à criança e exercitar a empatia, pois ajuda a ter uma ideia sobre o quão desagradável é tomar aquele medicamento.

3. Seringa

É a maneira mais prática de ministrar medicamentos líquidos em crianças, principalmente recém-nascidas - outra opção é segurar a colherinha com o remédio no céu da boca até que a criança engula. Para filhos maiores, a seringa acaba tendo um efeito lúdico bastante positivo: basta fingir que é um avião, por exemplo.

4. Água ou suco

Na hora de medicar a criança, tenha sempre ao alcance um copo de água ou suco, pois ajuda a disfarçar o gosto ruim na boca depois de engolir o remédio. Dependendo do caso, o medicamento também pode ser misturado na bebida para facilitar o uso.

menino suco laranja 0119 1400x800
Alexander Lukatskiy/shutterstock

5. Brincadeiras

Tudo o que puder tornar este momento mais leve e descontraído é bastante válido: que tal fazer uma competição para ver quem toma o remédio antes? Além do medicamento da criança, encha algum outro copinho com uma bebida qualquer - ou mesmo algum remédio que você realmente esteja tomando - e faça esta aposta com seu filho.

6. Incentivar a autonomia

Seu filho é grande e esperto o suficiente para segurar o remédio na mão e tomar sozinho, certo? Mas pode ser que ele ainda não saiba disso. Experimente dar esse voto de confiança, principalmente quando o frasco for seguro e resistente - como no caso das gotas para descongestionar o nariz, por exemplo.

Remédios para crianças