mulher

Marília Mendonça revela dificuldade por estar grávida em um ramo muito masculino

View this post on Instagram

jaja tem @crianca.esperanca 👫

A post shared by marilia mendonça (@mariliamendoncacantora) on

Marília Mendonça está grávida de seu primeiro filho, fruto da relação com o cantor e compositor Murilo Huff. Juntos desde 2017, os dois assumiram a relação publicamente e anunciaram que um herdeiro estava a caminho.

Como toda futura mamãe, Marília tem sofrido com alguns mudanças, desafios e incertezas da maternidade. Além de ter sentido alguns sintomas incômodos da gravidez, a cantora recentemente falou sobre a dificuldade em ser gestante no meio da música sertaneja. Confira:

Marília Mendonça fala sobre dificuldade na gravidez

A gestação é um momento delicado para qualquer mulher, que passa por um turbilhão de mudanças físicas e hormonais que afetam tanto seu corpo quanto suas emoções. Tais transformações podem influenciar também seus relacionamentos, já que a importância do acolhimento à mulher grávida ainda é um tabu para alguns e muitas vezes essas mulheres são incompreendidas nesse momento único de suas vidas.

Muitas grávidas podem enfrentar uma falta de empatia no ambiente profissional e até mesmo dentro de casa.

Através de um post em seu Twitter, Marília compartilhou com seus seguidores uma dificuldade que tem enfrentado por ser uma mulher grávida vivendo em um meio predominantemente masculino, como é o universo da música sertaneja.

View this post on Instagram

mais mulher do que nunca. e que sorte!

A post shared by marilia mendonça (@mariliamendoncacantora) on

Segundo a cantora, a maior dificuldade que ela tem encontrado nesse sentido não é o preconceito em si, enraizado no machismo, ainda muito forte em nossa sociedade, mas outra questão que também é reflexo desse problema.

"Verdades cruéis demais pra serem lidas rapidamente: é muito complicado ser grávida, independente, num ramo predominantemente masculino. Não que eu sofra preconceito, pois jamais sofri. O que pega é pra tentar explicar pra eles o que tá acontecendo", escreveu.

Em uma segunda postagem, a jovem mãe de 24 anos dá mais detalhes do que está passando e revela como ainda é muito difícil entender pelo que passa uma mulher grávida em posição de liderança. "Quando você é o chefão e os hormônios da gravidez te fazem mulherzinha, você fica vulnerável e isso dá uma raiva pesada", concluiu.

Várias interações começaram a surgir como resposta ao tweet e outras experiências de mulheres que passaram pela mesma situação começaram a deixar seus depoimentos contando como tiveram que enfrentar o machismo na gravidez. Veja:

Marília Mendonça grávida