Autoestima: 11 frases que parecem inofensivas, mas detonam confiança do seu filho

crianca menina tristeza 0419 1400x800
JPagetRFPhotos/shutterstock

Educar filhos não é uma tarefa nada fácil e, algumas vezes, mesmo sem saber, pais cometem erros que podem afetar o desenvolvimento físico, mental e emocional das crianças. E saiba que até mesmo frases aparentemente inofensivas podem prejudicar a autoestima do pequeno em fase de crescimento.

Com base em sua experiência clínica, a psicóloga Ramy Arany elaborou uma lista de frases que nunca devem ser ditas a uma criança.

nino triste autoestima shutterstock 409811113
Tomsickova Tatyana vía Shutterstock

Frases que detonam a autoestima da criança

Todas essas expressões traduzem uma realidade dura e muito difícil de ser transformada para uma criança. Muitas vezes, ela cresce ouvindo essas verbalizações e se transforma em um jovem ou em adulto problemático, afirma a especialista.

Saiba quais são as frases negativas e entenda por que elas podem detonar a segurança do seu filho:

bronca mae filha 0317 1400x800
George Rudy/shutterstock
  1. "Seu irmão (amigo, primo, etc.) foi muito melhor do que você na prova"
  2. "Tudo o que você faz é feio"
  3. "Você parecia um bobo/idiota" (em determinada situação)
  4. "Seu primo é mais bonito/inteligente do que você"
  5. "Se você continuar comendo desse jeito, vai ficar gordo e explodir"
  6. "Vai pentear esse cabelo ruim"
  7. "Meu sonho é que você um dia seja magra"
  8. "Só podia ser você…" (para alguma situação que sai do esperado)
  9. "Você não sabe pensar"
  10. "Você não leva muito jeito para isso..." (esportes, habilidade manuais, etc.)
  11. "Você não sabe fazer nada direito"
mae bronca filho 1218 1400x800
KieferPix/Shutterstock

De acordo com a psicóloga, os responsáveis, ao depreciar uma criança e compará-la com o outro, colocando-a em posição inferior, fazem com que ela se sinta menos importante e menos capaz. Essas sensações interferem diretamente na construção da autoimagem e da autoestima dos pequenos.

Não existe um modelo ideal de criação de filhos e erros na crianção são comuns e involuntário na maior parte das vezes. No entanto, uma dica valiosa para conseguir ponderar as atitudes equivocadas, segundo a profissional, é se colocar no lugar da criança e se fazer a pergunta: "eu gostaria que estivessem fazendo isso comigo?".

mae bronca filho 1217 1400x800
FrankRamspott / iStock

Educação infantil

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Daniela Flores.