mulher

Como engravidar rápido: dicas de especialistas que podem agilizar o processo

teste gravidez positivo 0819 1400x800
BoBaa22/shutterstock

O desejo de engravidar rapidamente pode levar casais a experimentar diversas técnicas e até mesmo apostar em simpatias e crenças que aumentariam as chances de fertilização. Mas o que pode, de verdade, acelerar o processo? Confira dicas de especialistas, baseadas em estudos e fatos científicos:

Controlar o peso ajuda a engravidar mais rápido

mulher peso balanca 1218 1400x800
Africa Studio/shutterstock.

Quando a mulher está muito acima ou abaixo do peso ideal, ou seja, com excesso ou falta de gordura, pode ter maior dificuldade para engravidar, pois ocorre um desequilíbrio na produção de estrogênio que, consequentemente, faz com que a mulher deixe de menstruar ou ovule de forma deficiente. A obesidade é conhecida por atrapalhar a fertilidade, mas é importante saber que existe até um peso mínimo para poder engravidar.

Atividades físicas e fertilidade: entenda a relação

treino emagrecer suor 0317 1400x800
mihailomilovanovic / iStock

A prática de exercícios também altera a fertilidade feminina. Embora sejam necessárias para a manutenção da saúde, as atividades devem ser realizadas com moderação. Quando feitos em excesso, os exercícios podem interferir na produção hormonal e, consequentemente, na ovulação, explica Marcello Valle, médico especialista em reprodução humana da Clínica Origen.

Dieta para engravidar mais rápido

mulher almoco salada 0319 1400x800
Ann Haritonenko/Shutterstock

Uma dieta saudável pode fazer toda a diferença para casais que querem engravidar, afirma a médica Michele Panzan, especialista em reprodução humana da unidade Campinas do Grupo Huntington Medicina.

A lista de nutrientes que favorece a fertilidade é extensa e funciona para homens e mulheres. Vitaminas E e B12, betacaroteno, licopeno, ácido fólico, ferro e ômega-3 são algumas opções que devem estar presentes no cardápio do casal que quer engravidar.

Alguns alimentos também precisam ser evitados, como fast-food, sal em excesso e os temperos prontos, que prejudicam a circulação, aumentam a retenção de líquidos e acumulam toxinas, e os produtos industrializados, como congelados, que são ricos em sódio e deficientes em nutrientes.

Álcool e tabagismo atrapalham a fertilidade

bebida alcoolica ressaca 1218 1400x800
VGstockstudio/Shutterstock

Casais que querem engravidar mais rápido devem moderar o consumo de álcool e evitar o tabagismo. A ingestão excessiva de bebida alcoólica pode alterar a ovulação e, portanto, a fertilidade feminina. Entre os homens, pode diminuir a produção de testosterona, causar impotência e contribuir para uma diminuição na quantidade de esperma produzido.

Já o cigarro pode acelerar a menopausa, diminuindo, consequentemente, a idade fértil da mulher, além de também aumentar os riscos de aborto espontâneo. Nos homens, o tabagismo interfere na motilidade e morfologia do esperma.

Frequência das relações sexuais

casal cama sexo 0519 1400x800
fizkes/Shutterstock

A mulher engravida no período fértil – em ciclos de 28 dias, entre o 10º e o 18º após o primeiro dia da menstruação. O ideal, portanto, é que, a partir do final do sangramento até o dia da ovulação, a frequência sexual aumente para 3 vezes na semana. Estudos mostram que, em mulheres com ciclos regulares, após esse período, as chances de concepção caem consideravelmente.

Transar 2 vezes no período de 1 hora aumenta a chance de engravidar. De acordo com pesquisadores a segunda transa em uma hora pode até triplicar as chances de engravidar. Os dados vêm de um estudo feito em 2015 que descobriu que casais que passaram por processo de inseminação artificial aumentavam de 6% para 21% quando a mulher recebia o sêmen do parceiro em uma segunda ejaculação.

Combater estresse ajuda a engravidar mais rápido

mulher relaxa sofa 0119 1400x800
Maridav/Shutterstock

Reduzir o estresse também é importante na hora de tentar engravidar. Um estudo da Universidade de Boston descreveu os vários mecanismos biológicos através dos quais o problema afeta a fertilidade. A condição aumenta os níveis de hormônios que inibem ou alteram os ciclos menstruais e pode ainda reduzir a reserva ovariana e o desejo de ter relações sexuais.

Como aumentar as chances de engravidar