No último trimestre da gravidez, Tatá mostra inchaço real dos pés e como alivia incômodo

tata werneck gravida make 0819 1400x800
Wallace Barbosa / AgNews

Já no último trimestre de sua primeira gravidez, Tatá Werneck voltou a usar as redes sociais para mostrar outro efeito que está sentindo em seu corpo por conta da gestação. Desta vez, a apresentadora, que espera uma menina com o ator Rafael Vitti, revelou estar sofrendo com um desconforto muito comum entre as mamães.

Sempre com muito bom humor, a atriz recorreu ao seu perfil no Instagram para exibir um novo "sintoma" que surgiu nessa etapa da gravidez: o inchaço nos pés. Assim como já fez em outras ocasiões, ela não perdeu a oportunidade de fazer piada com a própria situação e ainda revelou qual foi a solução para o problema.

Sintoma da gravidez de Tatá Werneck

Desde que anunciou que estava grávida, Tatá Werneck decidiu tratar os efeitos da gestação de forma muito honesta e verdadeira, sem esconder os "perrengues" pelos quais vinha passando. Nesse período, ela falou abertamente sobre o mal-estar gerado pela hiperêmese gravídica e outros sintomas mais comuns, como prisão de ventre e falta de ar.

Agora, a apresentadora do "Lady Night" mostrou mais uma mudança em seu corpo decorrente da gestação e brincou com isso nas redes sociais. "Agora que não tem mais curtidas [no Instagram], apreciem meu pé inchado feito um pão. Patrocínio: gestação - mudando seu corpo a cada dia", disse na legenda do clique.

Pouco depois, Tatá voltou à web para revelar como contornou esse problema - e não deixou de tirar sarro novamente consigo mesma. No melhor estilo "maternidade real", ela contou que precisou adotar meias de compressão e fez uma pequena piada, em forma de diálogo, sobre a situação.

"'Alô'. 'Oi'. 'Que que você tá vestindo?'. 'Uma meia de média compressão nas pernas, um sutiã de amamentação, uma almofada em forma de U para eu dormir sentada. E óculos de natação'. 'Pô, por que os óculos de natação?'. 'Pra você não reparar na meia'", escreveu.

Meias de compressão para grávidas

Ao longo da gestação, as mulheres podem sofrer com alterações na circulação, o que vai se agravando com o aumento do volume abdominal. Além do inchaço nas pernas e pés, essa condição também pode provocar o aparecimento de varizes e até mesmo uma trombose, nos casos mais graves.

Para evitar que isso aconteça, muitos médicos recomendam o uso das meias de compressão. Próprias para o tratamento desse tipo de problema, elas são benéficas para a circulação das pernas e ainda previnem os inchaços tão incômodos para as gestantes.

Antes de utilizá-las, porém, as mulheres devem procurar um especialista. Isso porque as meias elásticas medicinais com compressão terapêutica necessitam de receita médica, com descrição das medidas e da maneira a serem utilizadas, já que cada paciente tem uma necessidade diferente.

pernas meia compressao 0218 1400x800
Tibanna79/shutterstock

Justamente por conta disso, existem vários tipos de meias elásticas, que variam na qualidade do material, na compressão e no tamanho. Algumas marcas, inclusive, possuem modelos exclusivos para gestantes.

Em qualquer um dos casos, é importante que o paciente faça uma avaliação contínua com o médico para identificar a necessidade de continuidade do uso, assim como o grau de compressão da meia. Já em pacientes com alterações graves na circulação arterial, essas meias têm uma indicação restrita e não devem ser utilizadas sem recomendação.

Gravidez de Tatá Werneck