mulher

Calendário da dentição do bebê: veja quando exatamente nasce cada dentinho

bebe dente 0619 1400x800
svetkor/shutterstock

Irritabilidade, aumento da salivação, sono mais agitado, gengivas inchadas e avermelhadas e até febre baixa são alguns dos sintomas que anunciam a chegada dos dentes do bebê, conforme explica a pediatra Vanderlei Wilson Szauter. Para muitos pais e mães esse momento é repleto de dúvidas e preocupações e, por isso, é interessante ter em mente quando os dentinhos começam a dar os primeiros sinais - para se preparar para acolher e ter muita paciência com o pequeno.

Primeiros dentes do bebê

bebe dente 0119 1400x800
Michael Pettigrew/Shutterstock

O que muita gente não imagina é que o processo de nascimento dos dentinhos do bebê começa ainda durante a gestação, quando são formados os botões dentários, que são como fundamentos dos dentes-de-leite. Esses botões começam a romper a superfície da gengiva entre o terceiro e décimo segundo mês de vida da criança. Geralmente o primeiro dentinho nasce por volta dos seis meses, momento em que a dieta do bebê passa a incluir alimentos pastosos e sólidos.

Mapa dos dentinhos

dente bebe 0217 1400x800
NakoPhotography/Shutterstock

De acordo com a nutricionista materno infantil Andrea Friques existe toda uma harmonia na maneira como os dentes do bebê vão se desenvolvendo. Ao longo dos meses dentes específicos vão surgindo para ir tornando o pequeno mais apto a se alimentar, veja só:

6 - 10 meses: quatro dentes incisivos aparecem, são aqueles que cortam os alimentos.

10 - 12 meses: surgem mais quatro dentes molares para ajudar a esmagar o alimento

12 - 14 meses: chegam os quatro caninos, que ajudam a perfurar e rasgar o alimento

14 - 30 meses: chegam mais quatro molares para fechar!

Lembrando que...

bebe sorrindo 1118 1400x800
Monkey Business Images/Shutterstock

Como podemos ver, o primeiro dentinho geralmente deve nascer entre os 6 e os 9 meses de vida. Entretanto, também é normal que alguns bebês cheguem até o 1º ano sem que eles "deêm as caras". Ainda conforme a Andrea, é importante destacar que, embora cada bebê tenha um ritmo diferente de nascimento dos dentes, a introdução da alimentação complementar, de maneira geral, deve acontecer a partir dos 6 meses de vida. A gengiva do bebê é rígida e permite que ele amasse e engula os alimentos cozidinhos oferecidos nessa fase.

Dentição do bebê