mulher

Thaeme revela problemas para amamentar e conta o que ajudou de fato contra assaduras

Desde o nascimento de Liz, Thaeme vem compartilhando com bastante sinceridade como está sendo sua experiência com a maternidade durante o puerpério. Recentemente, a cantora falou sobre um assunto delicado para algumas mulheres que acabam de virar mães: a amamentação.

Em relato honesto, ela revela alguns errinhos cometidos que podem alertar outras mulheres que passam por problemas. Confira:

Relato de amamentação de Thaeme

Através de publicações feitas nos Stories do Instagram, a mamãe de primeira viagem contou detalhadamente como foi o processo de amamentação para ela. É comum ser uma fase de apreensão para as mulheres, pois o aleitamento é muito importante para o bebê e nem sempre tão fácil, podendo gerar dores e frustrações.

Logo no começo dos vídeos, a cantora enfatiza que algumas mulheres não sofrem com qualquer tipo de obstáculo durante o aleitamento materno, porém, são mulheres que, de acordo com ela, podem se considerar "abençoadas", já que essa não é a realidade da maioria.

Em seguida, a artista revela que contou com o auxílio de uma consultora de amamentação durante toda a gravidez, assim como recebeu apoio das enfermeiras da maternidade para entender como seria todo o processo. Segundo a cantora, o objetivo principal das profissionais era ensinar sobre a pega correta do bebê. "Elas sabiam que se a pega estivesse correta, a amamentação seria bem-sucedida", começa.

Depois, Thaeme comenta qual foi sua maior dificuldade na amamentação e conta como alguns erros pioraram as dores e os machucados nos seios.

"Na verdade, o meu bico não machucou. A auréola machucou e eu fiz uma besteira. Eu tive apojadura por volta do quinto dia, que é quando o peito enche muito de leite e empedra. Quando a mama esticou demais, a Liz não conseguiu pegar, era madrugada e eu não quis acordar a consultora para perguntar o que eu fazia. Naquela emergência, eu pedi para buscar o bico de silicone que eu já tinha e ela mamou. Me salvou naquele momento, mas deu uma machucada boa no meu bico. Foi aí que começou a machucar", revela.

A partir daí, Thaeme decidiu começar a intercalar os seios durante a amamentação. Para evitar que o leite empedrasse, ela optou por esvaziar a mama que estava em "descanso" do aleitamento usando a bomba de tirar leite, por um período muito maior do que aquele recomendado pela consultora.

"Eu me empolguei e tirei tanto leite que minha auréola assou e formou uma bolha que a Liz estourou. E aí, pronto. Meu bico estava machucado. Não tanto, mas estava machucado. E as minhas auréolas estavam destruídas", comenta.

Como cicatrizar o seio machucado pela amamentação?

Thaeme resolveu seguir as recomendações das enfermeiras obstétricas e consultoras de amamentação que a acompanhavam e mudou a postura para tentar amenizar os problemas com a amamentação.

"Resolvi obedecer 100% minha enfermeira. E eu comecei a fazer laser, tomar sol, passar pomada, leite. Dava uma melhoradinha. A Liz já pegava de novo e já machucava de novo. Foi quando a gente decidiu que ia dar uma pausa de 12 horas para uma mama descansar", segue.

Nessa hora, a artista dá uma dica de amamentação preciosa e ensina o passo a passo que, segundo ela, salvou sua amamentação. Trata-se de um esquema de revezamento entre os seios na hora do aleitamento, que deve ser feito com bastante atenção e comprometimento.

amamentacao mae bebe0419 1400x800
Lopolo/Shutterstock

É importante lembrar que toda e qualquer sugestão deve ser passada aos profissionais da saúde que acompanham a lactante nesse momento, para que ela possa receber orientações individuais.

"Eu ia dar uma pausa no seio esquerdo para tentar cicatrizar esse seio esquerdo. Então, a Liz ia amamentar no peito direito. Eu ia, então, mais cedo do horário da mamada e ia ordenhar esse seio esquerdo, que era o lado que ia ser descansado, mas eu não usava a bomba, porque a bomba machucou o meu peito. Eu ordenhava o seio com as mãos", conta.

De acordo com Thaeme, ordenhar o leite materno com as mãos foi a saída mais eficaz que ela encontrou e que a ajudou a manter os seios longe das bombinhas de tirar leite e assim acelerar o tempo de cicatrização dos seios.

amamentacao bebe seio 1112 1400x800
S.Borisov/Shutterstock

No final, a cantora lembra que a ordenha manual é de extrema importância para que o leite do peito que está em "descanso" não empedre e acabe causando problemas sérios na mulher, como febre e dores intensas.

"Fiz isso dos dois lados e foi aí que teve um espaço para cicatrizar, mas é muito importante em todas as mamadas ordenhar o leite que não está sendo sugado pela bebê, porque se não o seu seio vai virar uma pedra e aí vai ser um desastre", diz.

Por fim, a mamãe de Liz conta que apostou em outras dicas para cicatrizar os seios, que vão desde métodos mais atuais,como o uso de laser no bico do peito, até as famosas "dicas da vovó" como o uso do leite materno para cicatrizar os seios e o banho de sol.

"Outra coisa que é importante é lavar o seio depois da amamentação, porque a saliva do bebê pode ajudar a assar o seio. Recebi uma concha de prata que eu usava durante meia hora, 40 minutos, e acho que deve ter me ajudado na cicatrização também", finaliza.

Gestação de Thaeme