mulher

Ler com os filhos deixa pais menos severos e torna criança mais calma, comprova estudo

leitura livro crianca mae filha 0619 1400x800
gpointstudio/Shutterstock

Sabe aquele gostoso hábito dos pais de lerem junto com os filhos? Além de ser uma prática gostosa e muito boa para cultivar o afeto familiar, o hábito de ler para os filhos traz benefícios para o comportamento de todos. A ciência explica:

Benefícios de ler com os filhos

livros mae crianca filha 0619 1400x800
Evgeny Atamanenko/ShutterStock

Já era de conhecimento da ciência que o hábito de crianças lerem juntos a seus pais é uma prática benéfica aos pequenos.

A leitura ajuda a prepará-los para a escola, fornecendo arsenal linguístico e literário, além de proporcionar habilidades emocionais a eles.

Porém, um estudo desenvolvido pela Rutgers Robert Wood Johnson Medical School, nos Estados Unidos, é um dos pioneiros a mostrar que tal hábito também impacta os pais.

livro pai filhos criancas 0619 1400x800
Evgeny Atamanenko/ShutterStock

De acordo com a pesquisa liderada por Manuel Jimenez, o momento de leitura compartilhado entre pais e filhos faz com que, de um lado, os pais se tornem menos severos, enquanto, de outro lado, os filhos se tornem menos hiperativos ou rebeldes.

Para a realização do estudo, foram entrevistados 2.165 pares de mães e filhos dos Estados Unidos. Na entrevista, as mulheres foram questionadas sobre a frequência com que liam para seus filhos com idade de 1 a 3 anos.

Dois anos depois, as mães eram novamente entrevistadas sobre a frequência com que tomavam atitudes física ou psicologicamente agressivas e sobre o comportamento dos filhos.

mae filha crianca livro 0619 1400x800
Monkey Business Images/ShutterStock

O estudo notou que fatores como depressão pós-parto e problemas financeiros podem contribuir para comportamentos mais severos de pais e para crianças mais rebeldes.

Além disso, o resultado das entrevistas mostrou que a leitura compartilhada no primeiro ano de vida da criança foi associada a mães menos severas quando os pequenos completaram 3 anos de idade, e que a leitura compartilhada aos 3 anos foi associada a mães menos severas aos 5. Mães que liam frequentemente com seus filhos também relataram menos comportamentos rebeldes.

“Aos pais, uma simples rotina de leitura com os filhos proporciona não apenas benefícios acadêmicos, mas emocionais que podem impulsionar o sucesso da criança na escola e para além dela”, comentou Jimenez.

Relação pais e filhos