mulher

Como ser um bom pai: 3 características que estão transformando os homens

pai brinca filho 0519 1400x800
Irina Qiwi/shutterstock

Além de estarem revendo seus papéis na sociedade e nas relações com as mulheres, os homens também estão mudando seus comportamentos no ambiente familiar e começam a se transformar em melhores pais. É o que aponta um estudo conduzido pela Brigham Young University e Ball State.

banho pai toalha 1212 1400x800 0
maria_esau/ iStock

De acordo com a pesquisa, feita com 2.194 pais de crianças de 2 a 18 anos, os homens estão abandonando a masculinidade tóxica e revendo conceitos em relação à paternidade, oferecendo maior e melhor apoio emocional aos filhos. Os cientistas apontam 3 características que, basicamente, estão promovendo esta mudança.

Bom pai tem 3 características

pai filho sorrindo 1118 1400x800
Kiselev Andrey Valerevich/Shutterstock

1) Os pesquisadores afirmam que homens que já foram capazes de se livrar dos aspectos nocivos da masculinidade, como conceitos machistas de rigidez e de evitar demonstrar sentimentos, vivem de maneira mais engajada e carinhosa a experiência da paternidade.

bebe sling pai 0518 1400x800 0
Halfpoint/Shutterstock

2) Outro ponto observado pelo estudo foi o de que os homens estão cada vez mais envolvidos não somente na criação e educação dos filhos, como também nas atividades mais cotidianas das crianças, o que favorece o bem-estar familiar como um todo. Os “novos pais” passam mais tempo e prestam mais atenção aos filhos.

pai negro filha 0718 1400x935
wavebreakmedia/Shutterstock

3) Por fim, a pesquisa aponta que, atualmente, é possível observar maior equilíbrio entre os papeis de homem e pai. Eles ainda lutam contra as “regras” de masculinidade para se mostrarem emocionalmente mais disponíveis e carinhosos com os filhos.

Os novos pais, segundo o levantamento, estão se tornando melhores na “função” quando sabem ensinar, especialmente aos meninos, a demonstrar seus sentimentos e emoções, indicando um caminho para que eles, no futuro, também encarem a paternidade como algo em que carinho, cuidado, interação e bem-estar sejam priorizados.

Importância do pai na criação dos filhos