mulher

Vomitar sangue na gravidez pode ser hiperêmese gravídica: gravidade e como tratar

gravida enjoo dor 0519 1400x800
EstherQueen999/shutterstock

Notar a presença de sangue no vômito pode causar susto e preocupação em qualquer situação, mas no caso de uma gravidez, o sinal pode ser ainda mais alarmante para a gestante. Procurar um médico, prestar atenção a possíveis sintomas que acompanham o problema e realizar exames é fundamental para identificar a causa e afastar riscos de saúde para a mãe e para o bebê.

Vômito na gravidez

Enjoos e vômito durante a gravidez são bastante comuns, especialmente nos três primeiros meses de gestação. A presença de sangue no vômito, no entanto, não pode ser considerada algo normal e o problema precisa ser investigado, já que pode ser causado por diferentes condições, das mais simples às mais graves.

mulher doente vomitando 0419 1400x800
Arturs Budkevics/Shutterstock

Vômito com sangue

O sangue no vômito, clinicamente chamado de ematêmese, pode ser proveniente de alguma das partes do trato gastrintestinal superior, como boca, garganta, esôfago, estômago e primeira parte do intestino delgado.

São variadas, portanto, as possíveis causas de vômito com sangue. Um quadro de úlcera, por exemplo, pode ser a fonte do problema, especialmente se vier acompanhado de fezes escuras e sensação constante de estômago cheio.

gravida enjoo barriga 0319 1400x800
ChameleonsEye/Shutterstock

Outras doenças, como gastrite erosiva, esofagite e até mesmo câncer de estômago e câncer de esôfago podem ter o sangue no vômito como alguns de seus sintomas. Por isso é importante procurar um médico caso o sinal se manifeste.

Por outro lado, a ematêmese pode ter uma causa bem mais simples e menos grave, especialmente no caso de gravidez. O vômito no sangue pode ocorrer simplesmente pelo excesso de crises de enjoos.

Vomitar com muita força ou várias vezes provoca ferimentos em pequenos vasos sanguíneos presentes na garganta ou no esôfago, que resulta em traços de sangue no vômito. Neste caso, a presença de sangue costuma ser pequena e não como sangue vivo. Uma condição que pode causar enjoos e vômitos excessivos durante a gravidez é a hiperêmese gravídica.

Hiperemese gravídica

enjoo na gravidez 0419 1400x800
Africa Studio/Shutterstock

O que é

Hiperêmese gravídica (HG) é uma condição caracterizada por vômitos e náuseas intensas, persistentes e frequentes durante a gestação. O problema pode causar diminuição de peso, desidratação e deficiência de nutrientes, já que a mulher acaba não ingerindo quantidades adequadas de alimentos e líquidos.

Gravidade

A hiperêmese gravídica pode causar problemas sérios de saúde se a gestante não receber acompanhamento médico e tratamento. De acordo com Eduardo Cordiolli, ginecologista do Hospital Israelita Albert Einstein, a mulher pode sofrer distúrbios metabólicos por conta dos vômitos e, nos casos mais raros, até chegar a uma lesão cerebral.

Normalmente, a grávida é mais afetada pela hiperêmese gravídica, mas suas complicações podem, em alguns casos, acarretar em nascimento de bebê prematuro e em baixo peso da criança.

mulher enjoo nausea 09
Monkey Business Images / Shutterstock

Como tratar

Na grande maioria das vezes, a hiperêmese gravídica tende a desaparecer após a 12ª semana de gravidez se a mulher recebe tratamento médico que, inicialmente, consiste no uso de remédios contra enjoo.

A gestante também pode ser orientada a realizar tratamentos que ajudam a aliviar os sintomas, como acupuntura, por exemplo, além da manutenção de uma dieta saudável e cuidados com a hidratação.

Apenas em casos extremos (e bem raros) em que não há previsão de reversão do quadro, a saúde da gestante fica tão debilitada que interromper a gravidez é a única saída.

Enjoos durante a gravidez