mulher

Doença do beijo é muito comum em crianças: como proteger seu pequeno

mae beija bebe 0419 1400x800
Falcona/shutterstock

Conhecida popularmente como a doença do beijo, a mononucleose infecciosa é uma condição que pode afetar pessoas de qualquer idade, mas é muito comum em crianças.

Mononucleose: contágio e sintomas

beijo bebe 0319 1400x800
Africa Studio/Shutterstock

O contágio pode acontecer por meio do compartilhamento de objetos pessoais e exposição à tosse ou espirro de um indivíduo infectado.

No entanto, entre os pequenos, a forma mais comum de pegar a doença é por meio do beijo dos próprios pais, já que a saliva é a principal condutora do vírus Epstein-Barr (EBV), causador do problema.

medica exame bebe 0419 1400x800
Photographee.eu/Shutterstock

De acordo com a pediatra Claudia Conti, do Grupo São Cristóvão Saúde, após o contato, o vírus fica incubado por cerca de quatro a oito semanas antes de se manifestar.

O infectologista Jorge Isaac Garcia explica que, muitas vezes, a doença é confundida com uma gripe, pois a criança apresenta sintomas semelhantes, como:

  • Febre
  • Fadiga
  • Dor e inflamação na garganta
  • Dor de cabeça
  • Sensação de mal-estar

Ao apresentar o quadro de mononucleose, o indivíduo excreta o vírus até 18 meses após a infecção. Nesse período, ele pode infectar outras pessoas durante contato próximo ou prolongado.

mae bebe beijo 0119 1400x800
kiuikson/shutterstock

Estima-se que mais de 90% da população adulta já contraiu o vírus da mononucleose infecciosa em algum momento da vida, afirma a pediatra. Na maioria dos casos, os sintomas são leves e imperceptíveis, mas no caso das crianças, um quadro comum pode evoluir para uma infecção secundária, levando à necessidade de internação e acompanhamento médico.

Como prevenir a doença do beijo

bebe mae banho 0319 1400x800
By Odua Images/Shutterstock

A suspeita de contaminação pode ser indicada em um hemograma. Nesse caso, o médico irá solicitar a confirmação laboratorial através da resposta sorológica. Se confirmada a doença do beijo, o tratamento se inicia e inclui repouso e uso de medicação para redução dos sintomas.

A melhor maneira de prevenir a doença é não permitir que a criança leve à boca objetos utilizados por outras crianças ou adultos. É importante ainda evitar dar beijinhos na boca dos pequenos e sempre higienizar as mãos antes de pegá-los no colo.

Cuidados com a saúde do bebê