mulher

Ultrassom realista mostra 1ª filha de Amanda Françozo: bebê "posou" com mão no rostinho

Amanda Françoso está grávida pela primeira vez e encantou seus seguidores no Instagram ao compartilhar uma imagem que mostra o rostinho de sua filha ainda dentro da barriga.

Com 21 semanas de gestação, a apresentadora dividiu com seus fãs um ultrassom muito realista que permite ver as feições de sua bebezinha com bastante nitidez – e esse mesmo exame já foi usado por outras mamães famosas. Entenda como é:

Imagem da filha de Amanda Françozo

Sem revelar o nome de sua futura herdeira, Amanda divulgou na rede social a imagem do ultrassom morfológico que fez na 21ª semana de gestação para acompanhar o desenvolvimento de sua bebezinha. “O milagre da vida”, escreveu ela na legenda da foto.

A imagem publicada impressionou por mostrar com precisão as formas da menina e acabou chamando atenção por exibir uma pose muito inusitada, em que ela apareceu escondendo o rostinho com suas mãos.

Embora pareça divertido para os pais, que conseguem ver em primeira mão todo o corpinho do bebê, esse procedimento é fundamental na gravidez. Pelo recurso dos Stories, Amanda fez questão de falar sobre a importância do exame - e ela vai muito além da “foto” do rostinho.

Ultrassom morfológico com tecnologia realista

O ultrassom tradicional é um exame que já faz parte da rotina do pré-natal das mulheres. No entanto, as imagens obtidas através desse procedimento nem sempre conseguem captar com precisão cada detalhe do corpo do bebê.

Graças às tecnologias mais modernas, hoje se tornou possível obter uma imagem bastante realista dos traços da criança, como detalhes do rostinho e demais partes do corpo, além de movimentos, bocejos e até más formações, através da técnica do ultrassom 4D.

Esse método permite visualizar a criança “em movimento” devido à captura rápida e contínua das imagens durante o exame. Com isso, os médicos também conseguem fazer análises mais precisas sobre a formação do bebê, como avaliar as condições do coração, da coluna vertebral e outros aspectos, facilitando diagnósticos precoces sobre a criança.

ultrassom 4d gravida 101 1400x2100
Por Monkey Business Images/ShutterStock

Quando fazer e quanto custa o ultrassom 4D?

As ultrassonografias morfológicas em 4D são recomendadas para serem feitas entre a 20ª e a 24ª semana de gestação, quando o feto já está totalmente formado no útero da mulher. Vale ressaltar ainda que, para que dê certo, é necessário que a posição do feto seja favorável – o que pode postergar a realização.

A má notícia, porém, é que o ultrassom 4D não sai nada barato, podendo custar em torno de R$ 200 e R$ 600 – algumas clínicas chegam a cobrar R$ 1 mil por sessão. Como ele é uma versão mais moderna do exame tradicional, a maioria dos planos de saúde não cobre este tipo de procedimento e ele só é feito em pedidos particulares.

Famosas que serão mamães em 2019