mulher

Ensine seus filhos que ninguém pode tocar seu corpo com estas dicas simples

mae filha abraco maternidade 11
Ruslan Guzov / Shutterstock

É difícil pensar sobre isso, mas, para a segurança, é essencial conversar com as crianças sobre seu próprio corpo de uma forma que elas possam entender.

O UNICEF produz periodicamente um relatório que retrata a dura realidade: só em 2014, cerca de 120 milhões de crianças sofreram abusos sexuais em todo o mundo. Em 85% dos casos, o abuso surgiu de adultos próximos aos filhos (parentes, vizinhos, conhecidos da escola, etc.).

abuso infantil 0
271 EAK MOTO/Shutterstock

Juntamente com as estatísticas, a organização em prol das crianças também lança manuais de ação para prevenir abusos e detectar os sinais que um menor atacado geralmente dá.

Aqui estão algumas das dicas que o UNICEF aprova para aplicar com crianças pequenas (3 anos de idade ou mais). Consentimento é algo que pode ser aprendido praticamente desde que seu filho começa a fazer suas primeiras amizades, com estas simples frases você estará dando ótimas lições:

"Ninguém pode tocar em você sem permissão, seu corpo pertence a você"

5 tips para unas vacaciones sin estres si viajas con ninos pequenos6
ferrantraite via Getty Images

Explique ao seu filho que ele merece respeito em todos os aspectos. Segundo a UNICEF, é importante que, desde tenra idade, o pequeno entenda a diferença entre a ajuda que lhe é dada para tomar banho e o desconforto que pode surgir de qualquer gesto físico inadequado (como fazer o banho durar mais tempo do que o necessário).

"Não, você não precisa beijar a vovó se não quiser"

como proteger a los ninos del abuso infantil 2
angelsimon/iStock/Thinkstock

Um erro comum é forçar as crianças a beijar ou a cumprimentar um adulto por razões de boas maneiras, especialmente no núcleo familiar.

Enquanto você não passa a vida vendo todos como um perigo potencial, pense nos indicativos que a UNICEF dá sobre abuso em casa. Além disso, quando a criança é muito jovem, ela poderia igualar a situação com o resto dos adultos ao seu redor e se ver forçada a agradá-los por "educação".

"Não há problema em dizer NÃO: se um adulto te incomoda, você deve me dizer imediatamente"

psicologa nino
Photographee.eu vía Shutterstock

A frase "é preciso respeitar os mais velhos" é muito verdadeira, mas sua aplicação nunca deve transgredir a integridade dos mais jovens. Explique ao seu filho que não há problema em dizer NÃO a um adulto quando se sentir desconfortável.

Diga-lhe também que quando alguém ao seu redor o deixa desconfortável te diga por quê. Isso fortalece a confiança entre os dois.

"Esta parte do seu corpo é chamada ..."

5 tips para unas vacaciones sin estres si viajas con ninos pequenos1
Orbon Alija

Para muitos pais, é tabu nomear as partes do corpo pelo nome (embora não deveria ser). É válido se nos primeiros anos de seu filho você quiser usar "apelidos" para as partes íntimas, mas o importante é que seu filho os identifique.

"Nenhum adulto tem que pedir ajuda"

5 juegos al aire libre para tus hijos se olvidaran del videojuego2
 Syda Productions/shutterstock

O UNICEF exemplifica que os abusadores geralmente enganam as crianças pedindo ajuda ("fique depois da aula para me ajudar a organizar o livreiro", "você tem um momento para explicar como esse brinquedo funciona?", Etc.).

As crianças devem sempre ser ensinadas que são capazes de tudo o que se propõem a fazer, mas devem ficar cientes que ainda são jovens demais para fazer algumas atividades sozinhas e que os adultos estão lá para ajudá-las, e não o contrário.

"Nenhum adulto pode fazer nada para mim, estou aqui para te proteger"

mama sos fortalece el vinculo emocional con tus hijos aplicando estos 5 simples consejos5
Goldfaery/istock

Outra manobra comum dos agressores é ameaçar as crianças dizendo que vão agredir seus pais se elas falarem sobre toques incômodos ou abuso.

Seu filho deve saber que você é sua maior proteção, seu "super-herói" e que você pode defendê-lo de quem for.

5 tips para unas vacaciones sin estres si viajas con ninos pequenos7
monkeybusinessimages via Getty Images

É importante que em todas as fases de sua vida, você cultive uma comunicação aberta com seus filhos.

Não tenha medo de procurar ajuda de um especialista (terapeuta ou pedagogo) se achar que será difícil para você abordar a questão da sexualidade.

Abuso sexual infantil

Matéria traduzida do original de VIX espanhol, do autor Carol Sandoval.