6 dicas bem simples para aumentar a quantidade de leite materno naturalmente

aleitamento amamentacao prolongada 0917 1400x800
najin/istock

De acordo com as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), o leite materno deve ser alimentação exclusiva do bebê até, pelo menos, os seis meses de vida.

Isto porque suas vitaminas, minerais, gorduras, açúcares e proteínas são essenciais para protegê-lo contra infecções e possíveis alergias. Além disso, o desenvolvimento da dentição e da fala também é beneficiado.

bebe aleitamento materno 1118 1400x800
Tomsickova Tatyana/shutterstock

Fora todas as vantagens para o bebê, a amamentação ainda proporciona um estreitamento da relação afetiva da mãe com seu filho, e ajuda o organismo da mulher a retornar ao normal de maneira mais saudável.

Mas e quando não há muita produção de leite, como proceder?

Muitos aspectos podem influenciar o período de lactação da mulher, mas existem algumas dicas que irão ajudar a garantir um fluxo constante de o leite materno para seu bebê.

Dicas para aumentar a produção de leite materno

mulher amamentacao bebe 0618 1400x800
Natalia Deriabina/Shutterstock

Evitar estresse

O psicológico influencia diretamente na produção de leite. Portanto, é interessante que a mulher evite situações estressantes ou que a desestabilizem emocionalmente.

Preferir um ritmo de vida mais lento e tranquilo é uma ótima sugestão para não interferir que a produção do leite se mantenha constante.

bebe amamentacao 1400x800 1017
SelectStock/iStock

Ter boa alimentação

Alimentar-se de forma balanceada é essencial para uma boa produção de leite.

Os alimentos ricos em minerais, principalmente cálcio e fósforo, além de cereais integrais devem estar entre as prioridades do cardápio.

amamentacao aleitamento maerno 0117 1400x800
Evgeny Atamanenko/Shutterstock

Se hidratar com muita água

A água é o principal elemento do leite materno. Justamente por isso é importantíssimo se manter muito bem hidratada.

O recomendado é que as lactantes tomem pelo menos quatro litros de água por dia.

mama amamentacao aleitamento materno 0117 1400x800
Romanova Anna/Shutterstock

Avaliar a pega do bebê

A sucção do bebê quando feita corretamente estimula a produção de hormônios, como a prolactina e a ocitocina, que atuam diretamente na formação do leite materno.

Portanto é importante observar se a pega do bebê está correta – ou seja, que ele abocanhe toda a aréola do seio e não só o bico.

amamentacao bebe mulher 0517 1400x800 0
Anneka/shutterstock

Dar o peito ao bebê sempre que ele tiver vontade

É comum que as pessoas queiram tirar o bebê do peito quando ele já está satisfeito e está usando o seio como se fosse uma espécie de chupeta.

No entanto, esse é um comportamento do bebê que se chama sucção não nutritiva e que deve ser incentivado. Isso vai fazer com que a mama seja estimulada e continue produzindo leite, além, claro, de atender às necessidades emocionais de sucção do bebê.

amamentacao bebe peito
Raul_Mellado / Istockphoto

Estimulação extra da mama ordenhando o leite

É importante que as mamas estejam estimuladas a produzir leite.

Para isso é possível usar uma bomba de ordenha ou uma técnica de ordenha manual para continuar estimulando os seios mesmo depois de parar a amamentação. Isso vai dizer ao teu corpo que ele precisa produzir mais leite.

Aleitamento materno