mulher

Você vai sentir todos estes sintomas na gravidez, mas ninguém te contou: 10 incomuns

barriga gravida gravidez gestacao 1218 1400x800
thodonal88 / Shutterstock

A gravidez traz inúmeras mudanças para o corpo da mulher, não só físicas, mas também de comportamento.

Os sintomas mais clássicos já são conhecidos, como o enjoo, as alterações de humor, a sonolência, e tantos outros. Mas existem algumas manifestações que acabam sendo deixados de lado por serem incomuns e até estranhos.

Sintomas estranhos em gestantes

gestante no espelho 1017 1400x800
Syda Productions/Shutterstock

Coceira

A pele da mulher costuma ressecar bastante durante a gravidez por causa do aumento nas taxas de HCG. Isso ocasiona coceiras desagradáveis em pelo menos 20% das mulheres durante a gestação.

As coceiras mais comuns costumam acontecer em partes do corpo em que aparecem as estrias, por causa do estiramento da pele. Porém, é possível que elas sejam concentradas nas mãos e os pés, o que significa outra condição, chamada de eritema palmar – que ocorre devido alterações vasculares causadas pelo excesso de estrogênio. Ela costuma passar logo após o parto.

coceira nas costas 0118 1400x800
asiandelight/Shutterstock

Suor abundante

Sentir seu corpo mais quente é um dos sintomas comuns à gravidez tanto por causa do peso extra, como pelo aumento do fluxo sanguíneo que impacta os vasos - fazendo com que eles se dilatem.

Por conta destes fatores é possível que a gestante perceba uma abundância de suor que antes não era familiar.

suor exercicio camiseta 0318 1400x800
Albina Glisic/shutterstock

Visão embaçada

É possível que as oscilações hormonais deixem o olho mais seco por causa de um desequilíbrio na produção de lágrimas. Isso pode fazer com que a gestante sinta ardência nos olhos, vista embaçada e sensibilidade à luz.

Apesar do incômodo, a tendência é que isso melhore após o parto. No entanto, caso a gestante enxergue luzes piscando, visão dupla, turva ou com manchas, é preciso ter cautela por pode indicar pré-eclâmpsia – uma condição que pode colocar em risco tanto a vida da mãe quanto do bebê.

coceira olhos 1018 1400x800
Adam Gregor/Shutterstock

Ouvido tampado

Algumas grávidas costumam reclamar da sensação de ouvido tampado ou até de um zumbido. Geralmente é algo simples, caso tenha começado na gravidez e nenhuma doença mais grave tenha sido detectada.

A razão disto é que o sistema do ouvido, bem como outras áreas do corpo com mucosas, sofrem inchaço durante a gravidez por causa da retenção de líquido.

dor zumbido no ouvido 0617 1400x800
Vonschonertagen/IStock

Nariz entupido

Também por conta de ser uma área de mucosa, a retenção de líquido corporal afeta esta parte nasal e dificulta a entrada de ar, o que consequentemente aumenta a produção de muco e atrapalha a respiração, ainda mais de mulheres que já sofrem com rinite.

Neste caso é contraindicado que a grávida use descongestionantes químicos, pois podem prejudicar o bebê. O jeito é fazer lavagens nasais com o bom e velho soro fisiológico mesmo.

gravida nariz escorrendo 1118 1400x800
fizkes/shutterstock

Tosse

Existem três causas para a tosse se fazer mais presente durante a gravidez: A fragilidade do sistema imunológico, que torna o corpo mais suscetível a gripes e infecções respiratórias; a obstrução nasal, que gera uma maior produção de muco que desencadeia tosse e diminuição da eficiência dos cílios presentes nos brônquios, que têm com função a limpeza do muco.

É possível que a tosse se torne ainda mais frequente conforme a gravidez avance, porque o bebê em crescimento impede a expansão total dos pulmões, o que interfere na respiração.

mulher tosse sintoma 0117 1400x800
file404/Shutterstock

Sangramento na gengiva

Isso pode acontecer quando a gestante for escovar os dentes, por causa do aumento do fluxo sanguíneo que deixa os vasos mais dilatados e sensíveis durante este período.

gengiva sangrando gengivite 0617 1400x800
Stefano Garau/Shutterstock

Ronco

O inchaço nas mucosas nasais além de interferir na boa respiração também pode causar fortes roncos durante o sono.

mulher gravida dormindo 032017 1400x800
Kjetil Kolbjornsrud/Shutterstock

Pés maiores

Este pode parecer uma dos sintomas mais estranhos, mas é comum que os pés das grávidas aumentem por causa da produção de hormônio que interfere nas articulações, deixando-as mais frouxas. Contudo eles voltam ao tamanho normal logo após o parto.

mulher gravida pes 1412 1400x800
Manuel-F-O/ iStock

Intestino preso

É possível que isso aconteça porque a digestão durante a gravidez fica comprometida, já que o corpo acaba absorvendo mais água do que o normal.

Mamães famosas