mulher

Esqueça tudo o que você sabe sobre mãos e pezinhos gelados: NÃO é frio

bebe frio agasalho 1018 1400x800
Kiselev Andrey Valerevich/Shutterstock

Existe no nosso imaginário a ideia de que os bebês são criaturinhas pequenas e quentinhas, que têm o dom de nos arrancar sorrisos. Essa última pode até ser verdade, mas a surpresa é que é muito comum bebês terem pés e mãos gelados. O primeiro impulso dos adultos é embrulhá-los em cobertas e roupinhas para prevenir o frio, mas a pediatra Paula Arruda explica que nem sempre o frio é o motivo e que não é um boa ideia enchê-los de roupa.

Criança com agasalhos demais

Em resposta aos membros gelados, é comum adultos recorrerem às roupinhas e agasalhos. Mas, conforme a pediatra, é essencial tomar cuidado com essa medida. Roupas demais podem levar a um aquecimento excessivo que, consequentemente pode causar desde irritabilidade até mesmo aumento do risco de morte súbita, pois pode dificultar a respiração do pequeno. O ideal é sempre usar só uma roupa além da que o pequeno está usando.

bebe frio 381237394
Marina Pousheva/Shutterstock

Extremidades geladas

Pés e mãos gelados não significam, necessariamente, que o bebê esteja com frio. Diante da imaturidade dos seus órgãos e da sensibilidade da pele, a temperatura pode ser apenas uma questão de circulação. Se o bebê não demonstra nenhum tipo de irritação - expressa geralmente por meio do choro - não é necessário se preocupar e agasalhar. Conforme a pediatra, para identificar se o pequeno está de fato com frio, perceba se a cabeça ou o tronco estão gelados e se os lábios estão arroxeados.

Cuidados com o bebê