mulher

Conversar com seu bebê aumenta o QI dele, diz estudo – especialmente nesta idade

bebe mae maternidade 0617 1400x800
LStockStudio/shutterstock

Além de fortalecer os vínculos afetivos, conversar com seu bebê ajuda no desenvolvimento e pode fazer até mesmo com que eles fiquem mais inteligentes. É o que aponta um estudo científico publicado pela revista científica Pediatrics.

Falar com o bebê deixa ele mais inteligente

A pesquisa descobriu que conversar com o bebê pode aumentar o QI da criança, assim como melhorar vocabulário e compreensão verbal, antes mesmo dos 2 anos de idade. O processo, aliás, é ainda especialmente positivo entre os 18 e 24 meses.

O estudo indica que interações verbais com o bebê contribuem para um melhor desenvolvimento de linguagem em idade escolar e resultados cognitivos dos pequenos.

mae filho sorriso carinho 05
FatCamera / Istock

Para chegar à conclusão, milhares de horas de conversas gravadas entre pais e filhos foram analisadas a partir de dispositivos colocados em um colete usado por crianças pequenas.

O software gerou uma espécie de "contagem de conversas", mostrando o número de vezes que um pai fala e o filho responde (mesmo que seja simplesmente balbuciar) dentro de cinco segundos e vice-versa.

As conversas são mais poderosas para o desenvolvimento do bebê do que a simples exposição às palavras. Na avaliação de fonoaudiólogos e psicólogos, as crianças cujos pais conversavam com elas se saíram melhor em habilidades de linguagem, cognitivas, assim como em fatores relacionados a memória e raciocínio.

Cuidados com o bebê