mulher

Agora quase todos os filhos de famosos têm essa caminha (e por motivo importante)

quarto montessoriano cama 072018 1400x800
Divulgação/Grão de Gente

Você já deve ter reparado que, ultimamente, sempre que um famoso mostra o quartinho do filho pequeno tem uma caminha parecida com essa da foto acima, não é? Esse estilo de cama de criança está realmente em alta - e tem um motivo importante para os papais escolherem esse móvel.

Essas caminhas baixas são chamadas de camas montessorianas. Elas fazem parte de uma filosofia de desenvolvimento infantil que prega que os pequenos vivam em um ambiente completamente acessível feito para a perspectiva da criança e não do adulto.

Quarto montessoriano: o que é?

Essa é a principal premissa de um quarto montessoriano, metodologia de ensino criado pela educadora italiana Maria Montessori, no início do século XX.

quarto montessoriano surf menino 1117 1400x950
Divulgação/Grão de Gente

O sistema bem antigo já era bastante explorado nas salas de aula em algumas escolas, mas agora tem se popularizado também nas decorações dos quartos infantis e é o estilo queridinho das celebridades na hora de transformar o cômodo dos pequenos.

Um dos pontos que chamam a atenção nos quartos, é a altura super baixa da cama, mesmo quando bebês recém-nascidos - que geralmente possuem um berço cercado para evitar que caiam à noite.

Famosos como Rafael Cardoso, Débora Nascimento, Karina Bacchi e Felipe Simas adotaram o estilo para seus filhos. Separamos algumas ideias para você se inspirar nos quartos dos filhos de famosos. Separamos algumas caminhas de filhos de famosos para você se inspirar. Confira:

Decorações de quartos montessorianos

quarto bebe nortico4 062018 1400x933
Divulgação/Maraú Design Studio

Alguns passos devem ser levados em consideração pelos pais que decidem por adotar a decoração inclusiva do estilo montessoriano.

Objetos como quadros, prateleiras e espelhos devem estar na altura do olhar do bebê - nesse caso o espelho é super importante para que a criança se reconheça - todos bem fixados e de uma maneira segura para evitar acidentes. Também é importante verificar se o ambiente está livre de quinas, elementos cortantes e as tomadas devem ter um cuidado redobrado.

O foco é desenvolver a autonomia dos pequenos e isso incluiu a escolha por objetos e até mesmo roupas, que devem estar ao seu alcance.

As barras de apoio como as de ballet ajudam nos meses em que o bebê já está sentindo necessidade de ficar de pé. Nesse caso, opte sempre pelas barras de madeira, que são menos rígidas que as de ferro.

Para os pequenos é super importante ter um espaço totalmente dedicado a brincadeiras. Tapetes coloridos e brinquedos que podem ser facilmente alcançados são indispensáveis.

"A decoração montessoriana se confunde com a função das peças, os brinquedos à mostra, para que a criança tenha sempre acesso fazem parte da decoração. O tapete é necessário para criar uma textura confortável para se brincar no chão", explica a arquieta Cristiane Schiavoni, do escritório Cristiane Schiavoni Arquitetura e Interiores.

O uso de um papel de parede que depois poderá ser colorido pelos pequenos, como fez Monica Benini no quarto de seu filho Otto, é uma boa dica para estimular a criatividade dos pequenos.

Estilo Nórdico x Estilo Montessoriano

Os dois estilos se confundem por serem bem minimalistas, como o uso de linhas retas e madeira clara, que fazem com que um seja levemente presente no outro.

Porém existem algumas diferenças como alerta Cristiane. "O estilo nórdico se caracteriza por uso de materiais naturais , tecidos com texturas, numa paleta de cores neutras e suaves. Já Proposta Montessoriana, por usar o estímulo sensorial, também usa materiais naturais, mas com a paleta de cores normalmente mais ligada ao lúdico", explica.

montagem estilo nordico e montessoriano 072018 1400x800
Divulgação/Grão de Gente/Divulgação/Maraú Design Studio

Uma das coisas que geralmente chamam mais atenção são as camas dos bebês, conhecidas como "cama-casinha", que também aparecem bastante no estilo nórdico, porém em outra paleta de cores.

Cama Montessoriana

No estilo montessoriano os berços na altura dos adultos perdem a vez para as caminhas no chão, que, na maioria das vezes, são confeccionadas como uma casinha de madeira, como a de Enrico, filho de Karina Bacchi. Essa opção proporciona maior liberdade para o bebê, que pode deitar e levantar quando quiser.

Cristiane explica que a ideia do método é justamente fazer com que a criança perceba o seu espaço de acordo com o seu tamanho. Para os bebês, por exemplo, os pais devem adotar alguns cuidados. "A criança tendo autonomia, ela será “autoeducada”. Por isso, a cama tem que ser baixinha, para que ela possa subir e descer sem ajuda. Para bebês muito pequenos, costuma-se proteger o piso ao lado da cama, pois, se ela rolar e cair, não irá se machucar", fala.

Já a arquiteta Natália Meyer, do escritório MeyerCortez Arquitetura e Design, dá a dica: "Podemos colocar rolinhos fixados uns aos outros, para que a criança não consiga desprendê-los, e assim evitar que o bebê pequeno role na cama para o chão. Até mais ou menos os dois anos é interessante manter essa proteção e depois ir tirando aos poucos", diz.

quarto filho rafael cardoso 0518 1400x930 6
Divulgação/Grão de Gente

O objeto acaba sendo destaque na decoração justamente pela sua proposta diferente, que além de funcional é também bastante divertida e faz a alegria dos pequenos. Os pai também tiram vantagem do uso da cama, por ter um fácil acesso, eles acabam passando um tempo junto dos filhos em seu próprio ambiente.

O legal é que o estilo acaba por acompanhar a criança por alguns anos e vai se adaptando as necessidades que surgem conforme a idade. Foi o que fizeram o ator Rafael Cardoso e Mariana Bridi, que gostaram tanto da ideia que adotaram o estilo para seu filho mais novo Valentim e também para a mais velha, Aurora.

quarto filho rafael cardoso 0518 1400x930 2
Divulgação/Grão de Gente

Geralmente vemos a grande maioria das camas do estilo montessoriano no estilo cama-casinha, mas Cristiane explica que isso não é necessariamente uma regra. "O estilo casinha não é obrigatório, mas deixa o ambiente lúdico e se encaixa na proposta montessoriana. Não é preciso ter uma cama. Já usamos futons no lugar da cama, por exemplo", diz.

Além do formato casinha, alguns pais optam por estilos mais quadrados ou até mesmo sem nenhuma estrutura, com o colhão diretamente no chão. "O legal das estruturas em casinha, ou retas, são as possibilidades que ela traz de se colocar algumas luzes pequenas ou bandeirinhas que preenchem visualmente o espaço", comenta Natália.

quarto aurora rafael cardoso 0518 1400x930 2
Divulgação/Grão de Gente

Para as mamães que apostam na cama de apoio, principalmente durante os primeiros meses do bebê, Natália aponta que algumas adaptações podem ser feitas para se ter a cama de auxílio sem que ela destoe do restante da decoração. "Ela não necessariamente precisa ser no chão também, ela pode ser um pouco mais baixinha, apoiada em um tablado, por exemplo", dá a dica.

A arquiteta ainda aponta que o quarto no estilo montessoriano tem sido muito pedido entre os pais e ajuda bastante no desenvolvimento da criança. "Além da cama-casinha super pedida e fofa, todo o quarto na altura da criança faz com que eles aproveitem ainda mais o espaço com a proposta do livre brincar e tudo de uma maneira bem lúdica", fala. Confira e inspire-se em mais caminhas no estilo montessoriano dos filhos de famosos:

Camas dos filhos dos famosos

quarto filha rafael cardoso 0518 1400x930 3
Divulgação/Grão de Gente

Decoração dos quartos dos filhos de famosos