mulher

9 sintomas no início, meio e fim da gravidez que são absolutamente normais

gravida brava 0518 1400x800 0
Dmitry Lobanov/Shutterstock

Quando a menstruação atrasa, os seios ficam doloridos e aumenta a vontade de urinar é preciso ficar alerta: esses são os primeiros sinais de gravidez que o corpo manda. Então, é hora de fazer o teste para confirmar.

Durante os próximos meses, outros sintomas aparecem e surge a certeza da gravidez. Normalmente, estes indícios são comuns por conta das transformações que ocorrem na gestação e não devem preocupar a futura mamãe. Mas a recomendação é sempre ter um acompanhamento médico para esclarecer dúvidas e fazer exames mais detalhados para garantir o bem-estar da mãe e do bebê.

Sintomas do início da gravidez

Nos primeiros meses de gestação, muitas mulheres começam a sentir alguns sintomas bem característicos, entre eles:

Enjoos e vômitos

Geralmente aparecem após a 5ª semana de gravidez e são comuns pela manhã. Muitas vezes, os enjoos e desconforto abdominal surgem com uma salivação excessiva.

enjoo gravidez gravida 1017 1400x800
nd3000/istock

Alterações de humor

Às vezes, as mudanças de humor das primeiras semanas de gravidez podem ser confundidos com a TPM. As alterações hormonais comuns na gestação causam um certo desequilíbrio emocional, deixando a mulher mais sensível e até chorona.

Tontura e muito sono

A queda da pressão arterial promove tonturas que são recorrentes nas primeiras semanas de gravidez. E esse sinal se apresenta junto com um cansaço excessivo e muita vontade de dormir.

Sintomas no meio da gravidez

Após os três primeiros meses, o corpo começa a mudar e a mulher percebe outros sinais que indicam o avanço da gestação:

Prisão de ventre

No segundo trimestre de gestação, o intestino fica mais preguiçoso, causando a constipação intestinal. Uma dieta rica em fibras e ameixas secas ajudam na dificuldade de evacuar.

mulher gravida deitada 0618 1400x800
Kjetil Kolbjornsrud/Shutterstock

Manchas na pele

Nesta fase da gestação, é comum que os mamilos escureçam. Além disso, pode aparecer uma linha vertical mais escura no abdome, a chamada linha nigra. Manchas no rosto também são comuns e, para isso, é necessário o uso de protetor solar sempre que se expuser ao sol.

Contração abdominal

Contrações esparsas, causadas pelos movimentos do bebê, costumam aparecer nesta fase da gravidez. É como se fosse um treinamento do feto para o nascimento. Se elas duraram muito tempo e a barriga ficar dura ou com dor, procure seu médico.

Sintomas comuns no final da gestação

Na etapa final, outros sinais anunciam que o bebê já está chegando: a falta de ar, por exemplo, é comum no último trimestre de gestação. Veja os sintomas dessa fase:

pernas pes inchaco 0517 1400x800
alphabetMN / iStock

Inchaços

Mãos, pés e tornozelos sofrem edemas (inchaços) com maior frequência, graças ao ganho de peso da mãe e do bebê e aumento do volume corporal. Para contornar o problema, coloque os pés para cima quando descansar e evite sal na dieta.

Dor lombar

O eixo de equilíbrio da grávida fica comprometido e, por isso, ataca a região lombar. A dica é fazer exercícios de fortalecimento da região desde o início da gravidez, como o pilates, além de evitar usar salto muito alto.

Gases e hemorroidas

No último trimestre, problemas como hemorroidas e gases se intensificam. Para evitar, tenha uma dieta rica em fibras e beba muito líquido. Chá de camomila também é um santo remédio, assim como compressas de gelo para aliviar as dores ao evacuar.

Dicas para uma gravidez saudável