mulher

Grávida pode menstruar até 4 meses como conta a mãe de Davi Lucca, filho de Neymar?

View this post on Instagram

Te quiero mucho ❤️

A post shared by Ca Dantas (@candantas) on

Carol Dantas é mãe de Davi Lucca, de seis anos, fruto de um breve relacionamento com o jogador Neymar. Recentemente, em entrevista ao canal Samara e Luara, no YouTube, a jovem revelou que passou por complicações gestacionais causadas por estresse e que menstruou até o quarto mês de gestação, mas afinal, é possível menstruar na gravidez?

Gestação de Carol Dantas

View this post on Instagram

photo @gilcebola

A post shared by Ca Dantas (@candantas) on

Carol revelou que descobriu a gravidez apenas ao fazer um exame de sangue e por insistência da mãe, pois além de sua menstruação ser irregular e não ter atrasado até o quarto mês de gestação, acreditava que as mudanças em seu corpo eram normais em sua idade, 17 anos na época.

"Eu tenho um problema muito sério com menstruação, tem meses que não vem e tem meses que vem muito. E eu não tomava pílula, não tinha esse negócio 'regulado'. Durante quatro meses minha menstruação veio normal, e como eu estava em uma fase de mudança do corpo (o meu peito começou a crescer muito, as minhas calças começaram a não servir), tão inocente não achava [que estava grávida]", diz.

É possível menstruar na gravidez?

gravida deitada 0418 1400x800
Syda Productions/Shutterstock

De acordo com a dra. Flávia Fairbanks, ginecologista e obstetra da Associação de Obstetrícia e Ginecologia do Estado de São Paulo, é impossível que uma mulher menstrue durante a gravidez, pois quando o embrião é implantado no útero há a liberação de um hormônio que estimula o corpo lúteo, que mantém o nível de progesterona alto e impede a descamação do endométrio, mucosa que reveste o útero.

Entretanto, a especialista diz que pode, sim, ocorrer sangramentos, principalmente no primeiro trimestre de gestação, período em que muitas mulheres ainda não sabem que estão grávidas e confundem os sangramentos com a menstruação.

Em alguns casos, os sangramentos acontecem devido a descamação do endométrio quando o útero ainda não foi ocupado inteiramente pelo saco gestacional. Além disso, os sangramentos também podem estar relacionados à complicações como descolamento de placenta, ferida no colo do útero e pólipo, que sangram facilmente durante a gestação devido a hipervascularização do útero.

Sangramento na gravidez é perigoso?

menstruacao calcinha sangramento 0318 1400x800
M-SUR/shutterstock

A especialista diz que, apesar de atingir muitas mulheres, todo sangramento na gravidez deve ser investigado e avaliado por especialistas, para assim descobrir as suas causas.

"O sangramento em si, quando não acompanhado por cólicas, geralmente não traz riscos específicos, mas deve ser avaliado através de exames para que seja assegurado que ele não está relacionado à gravidez", finaliza dra. Flávia.

Dicas para gestantes