mulher

Mãe de gêmeos dá lindo significado para seu novo corpo após a gestação: veja relato

acordo vix emily houlston 0318 1400x800
Gentileza de Emily Houlston

Durante a gravidez o corpo da mulher passa por várias transformações para gestar o bebê e, na maioria dos casos, estas adaptações deixam marcas que nem sempre são bem aceitas pelas mamães. Diante disso, uma jovem mãe de gêmeos publicou um texto sincero sobre as mudanças em seu corpo após a gestação e deu um significado lindo às novas formas.

Relato sobre autoestima após a gravidez

acordo vix emily houlston 4 0318 1400x800
Gentileza de Emily Houlston

Atualmente, Emily Houlston tem 20 anos, mas descobriu que esperava os gêmeos Arthur e Finley quanto tinha apenas 18. Em entrevista ao VIX, ela afirmou ter passado por momentos difíceis em sua gravidez, chegou até mesmo a cair de uma escada, e sua cesariana foi agendada para a 36ª semana de gestação.

Os bebês nasceram saudáveis e, hoje, com quatro meses de vida, já possuem um perfil no Instagram que soma mais de 5 mil seguidores. Dentre as fotos muito fofas dos pequenos, recentemente, a mamãe decidiu aproveitar o espaço na web para fazer um relato verdadeiro sobre seu corpo real após a maternidade.

acordo vix emily houlston 7 0318 1400x1628
Gentileza de Emily Houlston

Na legenda da foto, para a qual ela posa ao lado dos filhos exibindo sua cicatriz da cesariana, suas estrias e flacidez na barriga, Emily diz que estas marcas são belas memórias de tudo o que viveu durante a construção de sua família. Com esta imagem, ela também espera inspirar outras mulheres a amarem seus corpos reais

"Através desta foto quero que as mulheres de todos os cantos do mundo ouçam a minha história e entendam que não estão sozinhas, que elas são lindas do jeito que são. Não importa se você tem estrias ou cicatrizes, você trouxe vida ao mundo e isso é incrível", diz.

acordo vix emily houlston 3 0318 1400x1750
Gentileza de Emily Houlston

Leia o relato na íntegra:

“Este é um post bastante pessoal, mas estou no quarto mês do pós-parto e começando a aceitar o que meu corpo se tornou. Abriguei dois lindos bebês por 36 semanas e amamentei por cinco semanas. A gravidez não foi exatamente fácil. Os meninos queriam sair cedo demais e fiquei hospitalizada em algumas ocasiões por causa de desidratação e contrações antecipadas. Nossos corpos enfrentam muitas adversidades, muita coisa muda e o nosso corpo tem que lidar com uma enorme carga de estresse. Estou muito orgulhosa por ter carregado crianças tão lindas e alimentá-las, aquecê-las e, mais importante, amá-las mais do que eu jamais imaginei que amaria. A cicatriz que terei pelo resto da vida é um pequeno sacrifício pela vida inteira de belas memórias com a minha família. As suas estrias NÃO te definem, as suas cicatrizes NÃO te definem, a sua barriga flácida NÃO te define. Você é incrível, você é uma mãe e você é a luz dos seus bebês. Eu queria compartilhar essa história para mostrar a realidade dos nossos corpos e mostrar que está tudo bem não ser perfeita porque, aos olhos deles, você é”.

Maternidade real