mulher

Função do líquido amniótico que envolve o bebê é mais importante do que parece

bebe no utero 122016 1400x800
hywards/Shutterstock

O líquido amniótico é um líquido claro e ligeiramente amarelado que envolve o bebê dentro do útero durante a gravidez. Esse fluido desenvolve papéis muito importantes durante toda a gestação: envolve o feto, mantém a temperatura dentro do útero, amortece os movimentos bruscos, além de ser vital ao desenvolvimento de órgãos como os pulmões.

Descubra qual a importância deste líquido e o que ele pode sinalizar ao longo da gravidez.

Para que serve o líquido?

Enquanto está no útero, o bebê flutua no líquido amniótico apenas suspenso pelo cordão umbilical. Este ambiente líquido atua como um escudo protetor contra infecções, ao mesmo tempo que fornece fluidos, nutrientes e permite o desenvolvimento regular dos pulmões do bebê.

A quantidade de líquido amniótico é maior em cerca de 34 semanas de gestação, quando atinge uma média de 800ml. Já próximo às 40 semanas de gestação, aproximadamente 600ml de líquido amniótico cercam o bebê.

Este líquido amniótico circula constantemente enquanto o bebê o engole e o "inala" e depois o libera. O feto não só deglute, como também aspira o líquido amniótico, o eliminando depois pelas fezes e urina. Assim, o líquido auxilia não só a expansão e desenvolvimento pulmonar, como também permite regular o funcionamento do tubo digestivo.

ultrassom bebe feto 0916 1627x1179
CWLawrence/istock

Dessa forma, o líquido amniótico é responsável por ajudar:

  • A movimentação no útero, o que permite o crescimento adequado dos ossos;
  • O bom desenvolvimento dos pulmões;
  • A manutenção da temperatura relativamente constante ao redor do bebê, protegendo-o da perda de calor;
  • Proteção contra lesões externas para amortecimento contra batidas ou movimentos bruscos.

O que líquido amniótico sinaliza na gravidez?

Quantidades anormais de líquido amniótico podem fazer com que o médico controle a gravidez com mais cuidado. A extração de uma amostra de líquido amniótico pode fornecer informações sobre sexo, estado de saúde e desenvolvimento do feto.

Se a gestante desconfiar que está perdendo líquido amniótico, deve procurar imediatamente seu médico. No entanto, na maioria dos casos, a perda de líquido amniótico é apenas confundida com a perda involuntária de urina que acontece devido ao peso do útero sobre a bexiga.

Na hora do parto, líquido amniótico que circunda o bebê durante a gestação pode sair aos poucos e lentamente ou repentinamente e em grande quantidade, dependendo da ruptura das membranas da bolsa.

No entanto, ao contrário do que se pensa, o bebê não nasce assim que a bolsa estoura, e a quantidade de líquido que sai nem sempre é "de lavar o chão", pode ser apenas o suficiente para umedecer a calcinha. Se a bolsa romper, mas as contrações ainda estiverem leves e espaçadas, não há motivo para desespero.

Cuidados na gravidez