Bebê mostra 1º o rostinho em foto incrível do parto: médico explica que isso é muito raro

bebe rosto parto 0618 1400x800 borrado
Gentileza de Samantha Garcia Gagnon

ATENÇÃO: Este conteúdo possui imagens que mostram cenas reais de parto e podem gerar desconforto em algumas pessoas.

Durante um parto, todos ficam ansiosos pelo momento em que o bebê dará o seu primeiro sinal de vida e, atualmente, há muitos profissionais incumbidos de registrar este momento de pura emoção.

A doula e fotógrafa de nascimentos, Samantha Garcia Gagnon, foi pega de surpresa por uma acontecimento raro enquanto fotografava um parto: a primeira parte do corpo que o bebê mostrou a todos foi o seu rostinho.

Foto de parto com apresentação de face

Samantha, dona do projeto The Maya's Nest Birth Services, clicou o exato momento em que o bebê nascia, e diferente de tudo o que ela já havia visto durante os partos que presenciou, ele veio ao mundo com apresentação de face.

Em entrevista ao VIX, a canadense relatou sua experiência neste momento tão incomum e desmitificou o fato de que um bebê nesta posição não pode nascer de parto normal, e muito menos sem que a mãe sofra episiotomia.

“Eu amo tanto essa foto porque entendo sua raridade e por que mostra as coisas incríveis que nossos corpos podem fazer... Um bebê saudável, que nasceu com muita rapidez, de uma mãe que não estava medicada, com o períneo intacto, e ainda ter uma câmera lá é um momento único na carreira de uma doula e fotógrafa de nascimentos", diz.

Nascimento com apresentação de face é normal?

bebe rosto parto 0618 1400x900
Gentileza de Samantha Garcia Gagnon

O nascimento de um bebê acontece de acordo com a posição que ele está na barriga da mãe, e neste caso da apresentação de face, ele se encontra na posição cefálica defletida de 3º grau ou de face.

De acordo com o Dr. Renato Ajeje, ginecologista e obstetra, membro da Febrasgo (Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia), é muito raro que um bebê nasça nesta posição, acontece em apenas 0,1% dos partos.

“Nestes casos, o diâmetro de passagem é como em todos os outros, de 9 centímetros. Entretanto, o movimento do rosto do bebê é menos favorável que o da cabeça, o que aumenta o grau de dificuldade deste tipo de parto", diz.

Mas apesar de ser mais demorado e trabalhoso, o especialista afirma que este tipo de nascimento não é considerado de risco, e o que pode acontecer é apenas um inchaço momentâneo no rostinho do bebê, causado pelos movimentos na hora de sair da barriga da mãe.

Dicas sobre parto