mulher

Amamentar filho após 2 anos? Atriz levanta debate e explica o que muda com o tempo

fernanda machado amamentacao 0717 1400x800
realfemachado/Instagram

Fernanda Machado deu à luz seu filho Lucca, do relacionamento com o empresário Robert Riskin, em junho de 2015 e até hoje ele é amamentado no peito. Em uma publicação no instagram, a atriz comemorou os 2 anos de aleitamento do filho e recebeu apoio de suas seguidoras, levantando debate importante entre mães. 

Em sua publicação, Fernanda ainda contou que durante esses anos também passou por momentos difíceis. "Nossa jornada até aqui não foi fácil, não foram só flores, nossa história não é perfeita, tivemos muitos momentos difíceis, momentos em que pensei em desistir. Tive que acreditar muito no meu corpo, no processo da natureza, precisei me doar bastante", escreveu ela.

fernanda machado amamentacao 0717 1400x1500
realfemachado/Instagram

Mas ela comemorou a conquista. "Porque além de estar trazendo benefícios incríveis para ele, tem sido um aprendizado e um empoderamento gigantesco pra mim. É muito extraordinário poder nutrir meu filho, com o leite que o meu corpo produz exclusivamente pra ele há tanto tempo, não existe nada que eu já tenha feito nessa vida, que eu me orgulhe mais do que isso", continuou a atriz. 

Além disso, Fernanda lembrou das orientações da OMS (Organização Mundial de Saúde), que aconselha a amamentação durante pelo menos dois anos. "Essa informação foi e vem sendo levada adiante e graças à isso, muita gente sabe da importância da amamentação e dos benefícios da amamentação prolongada. Além dos nutrientes e do conforto emocional, o leite materno também traz muitos benefícios para a imunidade das crianças, uma vez que o sistema imunológico delas ainda não está 100% desenvolvido nos primeiros anos de vida". 

fernanda machado amamentacao 0717 1400x800 2
realfemachado/Instagram

Suas seguidoras também compartilharam suas histórias, contando à atriz suas experiências. "Parabéns, te admiro demais. Meu bebê tem 1 ano e 2 meses e continuo e pretendo continuar amamentando. Sou muito criticada por tal pensamento, mas vejo o quanto é bom pra ele. Não fica doente fácil, na verdade, não ficou doente nenhuma vez desde quando nasceu. Eu amo amamentar", escreveu uma delas. Outra contou que já está há 2 anos e 7 meses amamentando: "Não tenho pressa. Por mais que as pessoas falem que já esta na hora [de parar] nem ligo pra elas".

Confira o relato na íntegra

"Há 2 anos seguindo o ciclo da natureza! 2 anos de amamentação!!! (...)

Que benção, tenho tanto pra agradecer, tanto pra celebrar!

Nossa jornada até aqui não foi fácil, não foram só flores, nossa história não é perfeita, tivemos muitos momentos difíceis, momentos em que pensei em desistir. Tive que acreditar muito no meu corpo, no processo da natureza, precisei me doar bastante... E como nas 18 horas de trabalho de parto, cada segundo dessa jornada de 2 anos amamentando o Lucca, tem valido muito à pena. Porque além de estar trazendo benefícios incríveis para ele, tem sido um aprendizado e um empoderamento gigantesco pra mim.

fernanda machado amamentacao 0717 1400x1400 1
realfemachado/Instagram

É muito extraordinário poder nutrir meu filho, com o leite que o meu corpo produz exclusivamente pra ele há tanto tempo, não existe nada que eu já tenha feito nessa vida, que eu me orgulhe mais do que isso. Embora muita gente ache que amamentar depois de 1 ano não seja mais necessário, fico feliz de saber que muito mais gente hoje em dia, já sabe que a orientação da Organização Mundial de Saúde, é que amamentação siga até 2 anos ou mais. Essa informação foi e vem sendo levada à diante e graças à isso, muita gente sabe da importância da amamentação e dos benefícios da amamentação prolongada. 

Além dos nutrientes e do conforto emocional, o leite materno também traz muitos benefícios para a imunidade das crianças, uma vez que o sistema imunológico delas ainda não está 100% desenvolvido nos primeiros anos de vida. Conforme o bebê vai crescendo e as mamadas vão ficando mais espaçadas, maior é a quantidade de anticorpos no leite materno, é a genialidade da natureza! Por isso, quanto mais tempo mamando, mais vacina natural! 

E assim a gente segue, em livre demanda, nesse ciclo natural de amor, proteção, conexão, respeito e aprendizado!"

Histórias de mães