mulher

Pai conquista mudança que representa MUITO na criação dos filhos: veja

O escritor americano Clint Edwards vive fazendo relatos de sua vida com os filhos, contando suas experiências, frustrações e fazendo piadas sobre a paternidade. Ele é dono da página do Facebook No Idea What I'm Doing: A Daddy Blog ("Não tenho ideia do que estou fazendo: o blog de um pai", traduzindo para o português).

Em um de seus relatos, o escritor conta como se sentiu depois de chegar à igreja em que frequenta e perceber que, no banheiro masculino, foi colocado um trocador para que os pais possam trocar as fraldas dos filhos, o que se revelou uma grande vitória.

"Eu trouxe esse tópico na minha igreja, mencionei minha frustração. Eu era aquele pai irritante que pedia mudança. E boom! Apareço no domingo e tem o que pedi! É uma pequena mudança. É 1 trocador masculino em 1 milhão. Mas, para mim, como um pai ativo com vontade de cuidar do meu filho, foi uma vitória séria", comemorou o escritor no post.

Muitos pais saem com seus filhos sozinhos, frequentam lugares públicos e podem acabar sem ter onde trocar seus bebês, já que os trocadores costumam ser apenas nos banheiros femininos. Clint menciona esse problema em seu texto. "Mel e eu vamos a algum lugar e não há trocador no banheiro masculino, então só me resta trocá-la no chão sujo do banheiro ou pedir que minha esposa faça isso toda vez. Ou quando estou sozinho com meus filhos, e não há opção de trocá-la a não ser indo até o estacionamento. Tenho uma grande empatia com os pais solteiros com crianças pequenas que fazem isso sem ajuda", escreveu ele. 

Trocador de fralda no banheiro masculino

O problema tem sido notado por outros homens e reclamações assim já vieram de outras personalidades famosas, como o ator Ashton Kutcher, e demonstra como muitos lugares ainda ignoram que cuidar das crianças não é obrigação exclusiva das mulheres. Além disso, nem todos os banheiros possuem trocadores, mas quando possuem, costumam ser nos banheiros femininos. 

Clint ainda deu um recado aos pais que se recusam a trocar fraldas e deixam a tarefa sempre para a mãe. "Como pai de uma pequena criança, eu realmente odeio quando não consigo trocá-la. Não é que eu ame trocar uma fralda cheia de cocô. Eu não gosto. Ninguém gosta. Mas eu odeio mais ainda ter que colocar a responsabilidade total dessa tarefa na minha esposa. Toda essa coisa de ser pai é sobre parceria", disse o americano. 

Sua publicação recebeu 5.200 likes, além de 407 compartilhamentos e diversos comentários. "Meu marido exigiu um no restaurante que frequentamos e foi instalado. Outro restaurante em nossa cidade construiu um local exclusivamente para trocar os bebês. Nossa cidade pode ser limitada em alguns aspectos, mas muito avançada pensando na igualdade dos pais e eu amo isso", comentou uma de suas seguidoras. 

placa banheiro 0617 1400x800
No Idea What I'm Doing: A Daddy Blog

Leia a publicação na íntegra:

"Chamo isso de vitória! A igreja que frequento não tinha um local para trocar os bebês no banheiro dos homens. Como pai de uma pequena criança eu realmente odeio quando não consigo trocá-la. Não é que eu ame trocar uma fralda cheia de coco. Eu não gosto. Ninguém gosta. Mas eu odeio mais ainda ter que colocar a responsabilidade total dessa tarefa na minha esposa. 

Mas, honestamente, isso acontece muito. Mel e eu vamos a algum lugar e não há trocador no banheiro masculino, então só me resta trocá-la no chão sujo do banheiro ou pedir que minha esposa faça isso toda vez. Ou quando estou sozinho com meus filhos, e não há opção de trocá-la a não ser indo até o estacionamento. Tenho uma grande empatia com os pais solteiros com crianças pequenas que fazem isso sem ajuda.

Não é que todos os banheiros femininos nos Estados Unidos têm o trocador, isso não é verdade. Mas no que eu vejo, é mais comum ter no banheiro das mulheres do que não ter, sendo que no dos homens simplesmente nunca tem. 

E se você é um pai lendo isso e se recusa a trocar a fralda da sua criança e não isso como um problema, pare de bobagens! Você está fazendo com que todos nós, pais, pareçam ruins. E se você é uma empresa com trocador de fraldas em ambos os banheiros, você arrasa!

Então eu trouxe esse tópico na minha igreja, mencionei minha frustração. Eu era aquele pai irritante que pedia mudança. E boom! Apareço no domingo e tem o que pedi! É uma pequena mudança. É um trocador masculino em 1 milhão. Mas para mim, como um pai ativo com vontade de cuidar do meu filho, foi uma vitória séria."

Veja outros relatos de pais: