mulher

Filha de atriz teve crise com os cachinhos: vídeo mostra como elas resolveram juntas

View this post on Instagram

E nós vive de que? De amor profundo!❤

A post shared by Samara Felippo (@sfelippo) on

Samara Felippo e a filha mais velha, Alícia, de 7 anos, protagonizaram uma cena cheia de significados e dicas úteis. O vídeo foi divulgado no Instagram da atriz, depois de a garotinha ter tido uma crise de aceitação desencadeada pela falta de representatividade.

Alícia tem o cabelo cacheado, já Samara, liso. Por isso, a mãe ainda não tinha completa dimensão dos entraves que crianças cacheadas enfrentavam no dia a dia. “Alícia mesmo num momento de crise, me confessou a pouca representatividade na escola, na sala de aula, nas propagandas, nos brinquedos. É essa nossa sociedade racista”, explicou.

Para ajudar a filha a sentir confiança e amor pelo seu cabelo, a atriz foi buscar informação sobre como cuidar corretamente dos cachos. Depois, procurou um cabeleireiro que soubesse cortar cabelos como o da Alícia.

Com o vídeo, além de mostrar a alegria da pequena e importância de empoderar e estimular a autoestima das meninas, Samara ainda deu dicas essenciais às mães e cuidadores de crianças com cabelos cacheados. “Cada cabelo é um, então mães, parentes, cuidadores de cacheadas, se informem antes de aceitar 'um relaxamentozinho' para diminuir o volume, um 'produtinho' para domar os cachos. Elas são únicas, poderosas e precisam entender o tamanho desse poder”, orientou.

Como cuidar de cabelos cacheados

Na gravação, durante o corte, Samara dá algumas dicas de como cuidar de maneira correta dos cachinhos.

  • Diferente dos fios lisos, fios enrolados devem ser cortados a seco. “Vai podando que nem uma mudinha”, brincou.
  • A mãe ainda lembrou que não é todo produto que pode ser usado. É importante priorizar aqueles criados especialmente para fios com essa característica.
  • Hidratações são importantes e bem-vindas.
View this post on Instagram

Depois de uma crise de aceitação num domingo de maio, resolvi me inteirar mais e mais sobre cachos. Principalmente porque sou mãe lisa, sempre fui e nunca pensei que fosse um dia cuidar de duas cacheadas. Alícia mesmo num momento de crise me confessou a pouca representatividade na escola, na sala de aula, nas propagandas, nos brinquedos. É essa nossa sociedade racista. Quero que ela se ame, se aceite e saiba cuidar de seus cachos maravilhosos. E cresça ajudando a empoderar cada nova cacheada. Cada cabelo é um, então mães, parentes, cuidadores de cacheadas, se informem antes de aceitar "um relaxamentozinho" pra diminuir o volume, um "produtinho" pra domar os cachos. Elas são únicas, poderosas e precisam entender o tamanho desse poder. @jrcastrooficial Grata por vc estar aqui, por ser tão incrível e tão foda no que faz!!! Voe meu amigo, o mundo te espera🙌🏻❤ #cachos #empoderamentoinfantil #maternidade #maededuas #voucriarumcanal #alicia #

A post shared by Samara Felippo (@sfelippo) on

Infelizmente, ainda vivemos em uma sociedade que prioriza, na publicidade e no entretenimento, mulheres brancas e de cabelo liso. A consequência disso é a falta de representatividade. O problema afeta diretamente as meninas desde a infância, quando elas não se enxergam nas bonecas, nas princesas, nas personagens de desenho.

É por isso que o gesto de Samara é tão responsável enquanto mãe e a divulgação do vídeo e das dicas tão importantes para a construção de uma sociedade menos desigual e com meninas de cabelos cacheados mais seguras e potentes. Seu cabelo é lindo, Alícia!

Representatividade importa!