Karina Bacchi anuncia gravidez aos 40: fertilização, produção independente e mais

karina bacchi gravida 022017 1400x800
karinabacchi/Instagram

A atriz Karina Bacchi, 40 anos, anunciou que está grávida de 13 semanas de seu primeiro filho. O bebê, cujo sexo ainda não foi revelado, é uma produção independente, fruto de uma inseminação artificial feita com sêmen de um doador internacional.

Gravidez de Karina Bacchi

Em seu Instagram, Karina publicou uma foto em que aparece com a barriga já evidente. "Me sinto abençoada e muito feliz à espera do meu anjinho", disse.

Na legenda, ela lembrou todo o processo que a levou a tomar a decisão de optar pela inseminação artificial. "Tanta coisa aconteceu do ano passado pra cá: cirurgia de retirada das trompas, meses de reflexão, separação, orações, tratamento para fertilização, decisões importantes a serem tomadas com responsabilidade e pés no chão e, enfim, a tão esperada notícia: gravidíssima", escreveu.

A vencedora da segunda edição do reality show "A Fazenda", da TV Record, também agradeceu aos médicos e familiares que a apoiaram nesse processo. "Esse coração que agora bate por dois só tem motivos para agradecer a possibilidade que Deus me concedeu. Plantamos as sementes, mas só Ele tem o poder de fazer germinar. Respiro gratidão e oro diariamente pra que meu Bacchi Baby chegue ao mundo com muita saúde . Aqui já existe uma mãe que transborda gratidão, ternura , amor e muito afeto, esperando ele chegar... e que assim seja", finalizou.

Karina Bacchi, bastante querida do público, decidiu revelar primeiro a novidade para Revista Contigo!, que chega às bancas com a atriz na capa.

A modelo nunca escondeu o sonho de ser mãe e chegou a congelar os óvulos. Conhecida por sua boa forma, abdome trincado, ela já vinha levantando suspeitas nas redes sociais. Isso porque fazia tempo que a loira não compartilhava fotos da barriguinha sarada com seus seguidores.

View this post on Instagram

Oi meus queridos é com muita alegria que venho compartilhar com vcs essa vitória ! Me sinto abençoada e muito feliz à espera do meu anjinho 🤰🏼🙏🏻👼🏼✨ Tanta coisa aconteceu do ano passado pra cá: cirurgia de retirada das trompas , meses de reflexão, separação, orações, tratamento para fertilização, , decisões importantes a serem tomadas com responsabilidade e pés no chão, e enfim a tão esperada notícia : SIM GRAVIDÍSSIMA 🤰🏼🎉🙋🏼👼🏼🙌🏻🙏🏻✨, há 13 semanas realizando o sonho de poder gerar uma vida . Essa luz que já sinto brilhando aqui dentro, me faz transbordar ... Esse coração que agora bate por dois só tem motivos para agradecer a possibilidade que Deus me concedeu. Plantamos as sementes mas só Ele tem o poder de fazer germinar . Muito obrigada Doutora Ana Maria Massad e Dra Daniella Castellotti por terem feito o melhor e com êxito termos hoje esse resultado. Obrigada Pai e Mãe por me apoiarem e estarem ao meu lado em cada etapa , vibrando amor por mim 🙏🏻❤️ a família está crescendo . Respiro gratidão e oro diariamente pra que meu Bacchi Baby chegue ao mundo com muita saúde . Aqui já existe uma mãe que transborda gratidão, ternura , amor e muito afeto, esperando ele chegar ...e que assim seja 🙏🏻🌷👼🏼❤️te amo, meu anjo .... #karinabacchi#grávida#13semanas#blessed#pregnant#pregnancy#mãe#feliz . OBRIGADA @tocontigo , @marcelobartolomei @drixtrujillo @gurfein @tocontigo @fabinhoaraujo @luele #babybacchi #bacchimae

A post shared by Karina Bacchi (@karinabacchi) on

Gravidez aos 40

A gravidez após os 40 anos costuma ser mais difícil devido à idade. Por isso, muitas mulheres recorrem aos tratamentos para fertilidade ou mesmo à Fertilização In Vitro (FIV). Essa técnica de reprodução utiliza óvulos doados ou os próprios óvulos da mulher e espermatozóides do parceiro ou de um doador, como é o caso de Karina.

O processo de Fertilização In Vitro acontece da seguinte forma: o médico coleta o óvulo que, em laboratório, é fertilizado artificialmente em um pequeno recipiente de vidro, chamado proveta (vem daí a expressão "bebê de proveta"). A partir disso, ele começa a se dividir e se torna um embrião, que é transferido para o útero da mãe. Normalmente, são inseridos vários embriões para aumentar as chances de sucesso do tratamento.

De acordo com a médica Paula Bortolai Martins Araújo, especialista em fertilidade, a idade máxima no Brasil para que uma mulher se submeta às técnicas de reprodução assistida é 40 anos.

Mais notícias sobre Karina Bacchi