Ela tem ansiedade e mostra como namorado ajuda: “Há pessoas melhores que remédio”

mulher com ansiedade namorado 0517 1400x800
Arquivo Pessoal/Callie

O transtorno de ansiedade não afeta apenas quem o possui, mas também amigos e familiares que acompanham todo o sofrimento envolvido. Entre inúmeras histórias do distúrbio, a da norte-americana Callie Amelia Theodore mostra como o respeito e a compreensão são preciosos para manter relacionamentos saudáveis em meio à turbulência que pode surgir. 

Amor é mais forte que transtorno de ansiedade

“É difícil amar alguém que sofre de ansiedade. Eles vão ser mais sensíveis e imaginar situações, causando discussões, e sempre serão necessárias reafirmações constantes”, explica a jovem em seu post no Facebook que mostra como seu namorado, Chris Briggs, lida e entende sua ansiedade.

Na imagem, Callie expõe uma de suas conversas com Chris em que, num momento de insegurança causada pela ansiedade, pergunta “Estamos bem?” e ele responde “Muito, querida”. 

Essa fala mostra como a compreensão é importante em uma relação em que uma das partes sofre um transtorno mental e pode exigir demais. 

“Encontre alguém que não faz parecer que amar você é um trabalho. Alguém que te mostrará a importância das pequenas coisas. Alguém que não vai te dizer que sua reação é exagerada. Alguém que vai te chacoalhar quando você estiver no meio de um ataque de ansiedade. Encontre alguém que, não importa quanto você o force, não vai embora. Há pessoas assim, que acalmam você e trazem mais sensação de segurança que qualquer medicação prescrita”. Você pode ter ansiedade, mas a ansiedade não tem você", escreveu Callie. 

Pessoas com distúrbio mental merecem relacionamentos saudáveis

Em outro texto na página do Facebook de Callie, ela conta que já passou por um relacionamento abusivo que durou anos, em que foi chamada de louca e acusada de ter “problemas sérios”.Callie diz que quem ama tenta entender o que o parceiro passa e que não vale a pena embarcar em uma relação em que isso não ocorra.

“Eu prometo a você, há pessoas que querem ajudá-lo e acalmar suas preocupações”, escreveu. “Você tem que saber o seu valor. Andar em cascas de ovos com medo de dizer o que sentia ao meu parceiro não é a vida que eu queria viver, então terminei. Ninguém merece se sentir como um peso. Felizmente, uma relação horrível me levou ao amor da minha vida”, finaliza, fazendo referência ao seu atual namorado, Chris.

Como lidar com pessoas com transtorno de ansiedade?

Transtorno de Ansiedade Generalizada é um acometimento psiquiátrico cujos principais sintomas são preocupação com o futuro e medo exagerados e constantes.

Se tratado, o ansioso fica mais calmo e tem menos crises, podendo até ser curado. No entanto, momentos em que o transtorno não está controlado merecem sensibilidade das pessoas que vivem ao redor. 

Respeito, paciência e afeto são necessários para que o indivíduo com o distúrbio veja as coisas com mais clareza. Lembre-se que ele possui uma desordem mental que afeta seus pensamentos e rege seus sentimentos.

Distúrbios da mente: leia mais