mulher

“Não conseguia emagrecer após gravidez”: o que ela mudou na rotina para perder 32 kg

antes e depois erika mamae sarada 0817 1400x800
Arquivo Pessoal/Érika Oliveira

Antes de engravidar, a dona de casa Érika Oliveira, de 31 anos, já tinha o desejo de emagrecer. Apesar de frequentar a academia e se alimentar de forma saudável, ela não conseguia sair dos quase 80 kg e atingir sua meta: 65 kg.

“Não tinha muita barriga, mas meu rosto, braços e pernas eram gordinhos. Eu queria emagrecer, mantinha uma alimentação com saladas e proteínas durante a semana, mas, como era solteira, sempre saía aos finais de semana e acabava comendo lanches, pizzas, cerveja, açaí, etc.”, relembra.

Dificuldade para emagrecer depois da gravidez

Na gestação, Érika engordou 23 kg e chegou à maternidade para dar à luz com 103 kg. Alguns deles foram perdidos durante a amamentação, mas, depois de alguns meses, seu peso se estabilizou em 96 kg.

“Depois que eu tive bebê, o peso mexeu com o meu psicológico. Não conseguia comprar calça jeans, não tinha vontade de comprar roupa, não me sentia bem, comprava roupas plus size tamanho 48, 50 que não me agradavam. Meu marido já estava percebendo o meu desânimo”, relembra.

antes e depois erika mamae sarada 0817 1400x800 2
Arquivo Pessoal/Érika Oliveira

A decisão definitiva de mudar veio após Érika se ver em fotografias. Nessa época, sua filha já estava com 1 ano e 2 meses.

“Fomos a um parque tirar fotos e, quando voltei e vi as imagens, comecei a chorar em desespero", conta. "Entrei no Facebook em seguida e vi o post de um programa de treinos online. Li depoimentos de quem já tinha participado, perguntei para algumas pessoas se era verdade e decidi tentar."

Exercícios em casa

A publicação que ela viu no Facebook era do Mamãe Sarada, uma plataforma de exercícios online criada por uma personal trainer que percebeu a dificuldade de muitas mães em arrumar tempo para ir à academia.

Baseado em treinos rápidos de apenas 14 minutos que podem ser feitos em qualquer lugar, sem uso de acessórios, o serviço promete emagrecimento e tonificação do corpo em 3 meses.

Cortes na alimentação

No mesmo dia em que aderiu ao programa, a dona de casa também cortou da alimentação tudo o que não considerava saudável.

“Tirei cerveja, pizza, lanches, arroz branco, pão e açaí", lista. "Fui substituindo tudo por alimentos integrais e frutas, que deixava picadas na geladeira para não ter preguiça. Passei a comer só grelhado com salada no jantar e não me alimentar depois das 20h”, revela.

Resultados

A dieta aliada e os treinos diários fizeram Érika eliminar 32 kg em apenas 9 meses. Passado 1 ano e 4 meses do início do programa, ela passou para a fase mais difícil de treinamento e tem conseguido manter seu peso entre 63 e 64 kg.

“Já estou há 8 meses com o mesmo peso e para mim está excelente. Estou com o peso que eu sempre quis ter”, celebra.

erika apos treino 0817 1400x1100
Arquivo Pessoal/Érika Oliveira

Autoestima recuperada

No quesito alimentação, ela garante que não passa vontade. Quando quer comer algo calórico, come em pequena quantidade. “Quase nunca como besteira porque criei um hábito saudável. Minha filha e meu marido também passaram a se alimentar melhor. Ele emagreceu 13 kg só me acompanhando”, celebra.

Focada e muito esforçada, Érika teve um emagrecimento tão significativo que ela até ganhou prêmios em dinheiro por ter tido o melhor resultado semanal, mensal e trimestral durante o programa.

Emagrecimentos incríveis